Pessoalidades

Porque é simplesmente deixar acontecer

Não há ninguém que não tenha pensado nisso se quer uma vez na vida: o que que se passa na cebeça daquela pessoa? Ah, quem nos dera ler os pensamentos das pessoas pelo menos por um dia… Calma, eu não quero levar um choque como no filme Do Que as Mulheres Gostam e de repente começar a ler a mente dos homens — na verdade, eu acho que não seria uma coisa muito boa —, mas bem que eu queria saber, só um pouquinho, o que se passa na cabeça deles para eu ter ideia do que eu poderia fazer para não entrar mais em confusão.

Eu não duvido nada, nem um pouco, que eles pensam a mesma coisa. Dizem que nós, mulheres, somos complicadas, confusas, "instáveis"… E eles? São também, não? Engraçado como os papéis se invertem… Enquanto a convicção do que queremos nos consome, vemos eles num impasse — e vice-versa. Muitas vezes, eu quebrava a minha cabeça tentando descobrir o que se passava, até que eu desisti. Percebi que tentar entender o sexo oposto não dá certo, só paranoia.

Acredito que, ao sermos nós mesmas(os), sem medo do que os outros pensarão, mostramos como somos. E não estou nem ligando mais se gostaram ou não do meu jeito — e tenho certeza que muitos não vão com a minha cara por causa da minha maneira de me vestir, dos micos que pago ou por minhas constantes crises de riso, achando até que sou uma "boba alegre". Pelo menos eu deixei de ser uma pessoa anti-social — está bem, não é para tanto, mas eu tinha dificuldade em fazer amizade etc —, agora só basta ver se minha teoria dará certo.

Enfim, acredito que somente assim, agindo sem medo e preconceito, as pessoas realmente possam conhecer umas às outras e, consequentemente, seus pensamentos e opiniões também são impostas. Assim, ninguém fica submerso em si mesmo. Desse jeito nem precisaremos de um "choque" para saber o que eles pensam. Simplesmente tem que deixar acontecer a amizade, o amor etc… E mesmo assim, ainda acho não tem como completamente entender eles, assim como eles não conseguem inteiramente entender nós, mulheres. É um mistério… e o engraçado é que um depende tanto do outro, que chega até ser estranho — e, ao mesmo tempo, tão natural.


Comentários

Ao comentar, você alega que está de acordo com a política do blog e de privacidade, consentindo o armazenamento de seu nome e e-mail nos cookies. Os comentários são moderados manualmente e podem levar algumas horas até serem divulgados ao público.

  • Luciene

    Ana eu adorei o post, eu realmente as vezes me dá vontade de saber o que alguém tá pensando, não me interesso pelo que todos pensam não, mas sempre tem uma pessoa q em algum certo momento vc quer estar dentro da mente dela e fuxicar tudo 😊 as vezes pode a ter dá medo em saber o que pode estar pensando aquela pessoa… sei lá né…

    xD boa semana bjss

  • Lilian Britto

    Ah Aninha, eu acho que o grande barato dos relacionamentos amorosos é isso de não saber o que se passa na cabeça do outro. Surpreender é o melhor da vida! E surpreender pelo q vc é tem nos dá um prazer inigualável. Vai por mi amiga, palavra de alguem q está a 18 anos casada e ainda fica surpresa com algumas coisas que acontecem!
    Beijos querida, linda semana =*

  • Andressa Karen

    Realmente seria ótimo poder ler os pensamentos de vez em quando das pessoas, só para saber o que pensam sobre nós.
    Ana já passei também por essa fase de ser "anti-social" na verdade não conseguia falar com as pessoas eu travava tinha medo delas e agora resolvi mudar um pouco ser eu mesma e dixar a vergonha/ timidez de lado e não ligar para o que pensam de mim… Não ligue, mas eu também pago muitos micos.
    Beijos 🙂

  • Ana Cristina

    É realmente assim que acontece Ana! É incrível como você soube abordar o assunto aqui no seu blog. Escreveu muito bem e merece meus parabéns.
    Realmente é engraçado parar para pensar em como um depende do outro.
    E claro, todo mundo já quis ler a mente de alguém antes. Eu gostaria que essa dadiva divina viesse na hora da prova para poder colar de quem estudou. Pelo menos amanhã que é prova de física (e eu não estudei) eu poderia ter esse podersinho!!
    Muito obrigada pela visita Ana!!
    Beijos e até mais!!

  • Vainilla Angel

    Eu cá não gostaria de saber o que os outros pensam. Deve ser horrível, ir a qualquer sitio, a qualquer lugar no mundo e simplesmente não conseguir para de ouvir o que os outros pensam sobre nós! Deve ser torturante.

    quer dizer, se ainda fossem pensamentos bons, tudo bem. Mas e se calha de ser coisas ruins. sobre nós? Sobre aquilo que acreditamos e amamos?.-.

    Depois acho meio complicado as mulheres conseguirem entender os homens algum dia. Acho que é por que no fundo ambos sexos são beeem diferentes! =P

    Eu também era anti-social. Ainda sou – continuo tendo dificculdade em fazer novas amizades. Mas é como você disse: 'não me importo com o que os outros pensem sobre mim.' R acho que dar tanta importância a opinião de pessoas que nem nunca conviveram um dia connosco como para saber como somos realmente é de loucos. Já que vamos dar importância a opiniões, ao menos que seja aqueles que amamos e nos amam de igual forma. *-*

    Gosto muito do seu blog; tenho-o acompanhado desde sempre. Aproveitei e linkei você.

    Beijokas!

Veja mais comentários:
1 2 3 4
ir ao topo