Pessoalidades

Iceberg

Às vezes penso em como é difícil lidar com as pessoas. É incrível como pode se viver tanto tempo com uma pessoa e simplesmente não saber qual é uma das coisas que ela mais gosta, ou odeia, assim como há pessoas com quem você convive apenas uma semana e já sabe até qual é o seu maior defeito e qualidade. Mas conhecer de verdade é tão difícil… As pessoas sempre nos surpreendem.

Não acredito mais na teoria que as pessoas falam para você "ser você mesmo". Pare para pensar e reflita: seja você mesmo, mas vai ter que aturar alguém olhando para você com os olhos esbugalhados, supreendido pelo o que você acabou de fazer. Sinto como se às vezes é melhor cada um viver no seu mundinho para deixar de ser julgado, mas é óbvio que temos que encarar o mundo lá fora.

Menina meiga, nerd e carinha de anjo pode sim falar puta que pariu com todas as letras e adorar filmes de besteirol americano — mas na frente dos outros é apenas a bonitinha intocável. Rapaz metido, galinha e babaca pode escrever poesias, ler Dom Casmurro e usar mais de 5% do seu cérebro — mas na frente dos outros é apenas um cara idiota que não vale a pena acreditar em uma única palavra do que diz.

Pessoas realmente interessantes se refugiam dentro de seu âmago e só exprimem aquilo o que as pessoas quer que façam. Ser "você mesmo" está tão na moda que sua verdadeira personalidade, aquela quem você é quando está sozinho no quarto com sua bagunça, fica por lá depois que você passa da porta e nem ao menos percebe — e ainda sim diz que é você mesmo, porque está na moda.

Da nossa mais pura essência, com sorte, somente uma ou outra pessoa conseguirá descobrir. Sempre nos contentamos apenas com a ponta do iceberg, esquecendo de mergulhar fundo com medo de quebrar o gelo.


Comentários

╳ Cancelar
Ao comentar, você alega que está de acordo com a política do blog e de privacidade, consentindo o armazenamento de seu nome e e-mail nos cookies. Os comentários são moderados manualmente e podem levar algumas horas até serem divulgados ao público.

  • Ju Lemos

    Engraçado como alguns blogs resolveram refletir sobre as atitudes das pessoas e pensar e talvez comentar algumas coisas que as pessoas rotineiramente não fariam.

    O grande problema creio eu, não é nem as pessoas olharem com olhos esbugalhados, mas sim não darem o valor quando encontram uma pessoa verdadeiramente honesta e passam a trata-la como o ser mais ignorante e deprimente do mundo… tenho que concordar com uma amiga minha que diz: "hoje em dia quem tem seu lugar ao sol são os mentirosos, hipocritas e desonestos… tirando isso o resto é tratado apenas como resto". Então que tal nós mesmos começarmos a mudança que queremos ver nas outras pessoas?

    Bjinho

  • May

    Concordo Aninha!
    Não tenho nem palavras, acho que você já disse tudo que podia ser dito sobre isso no post! Ultimamente anda tão na moda ser "você mesmo", mas será que o que você deixa transparecer é o que você realmente é? Outro dia desse (sempre sento na frente) não estava a fim de assistir aula de quimica, e pra não sair da sala, fui para o fundo. A SALA PAROU! tipo: MAYARA MELLO, O QUE VC TÁ FAZENDO AÍ? absurdo, só porque sou a "nerd, intocável, que sempre tira 10" não quer dizer que não tenha direito de tirar um zero ou falar "puta que pariu" em alto e bom som…

  • Lucas Maia

    Pois é Ana, nem sempre conhecemos as pessoas. Falo muito certo mesmo! 🙂

  • Alessandra

    Nossa,concordo! É dificílimo lidar com as pessoas. Sobre ser você mesmo, a gente aprende com o passar do tempo. Vivi muito tempo,fazendo tudo para obter admiração,aceitação, enfim agradar à todos.Meu pai elogiava tantos filhos de amigos, primos que eu queria ser alguém que ele valorizasse, admirasse. Sempre fui guerreira, venci de teimosa, mas no íntimo faltava ver meu pai falando dos meus feitos como falava dos filhos dos outros. Desencanei quando conheci meu marido,meu grande incentivador,apoio,"psicólogo" kkkk vi que perdi muito tempo e energia com o que não muda. Hoje não ligo,sou quem sou agrade ou não…
    Bom aproveito para desejar uma excelente semana.Bjinho!

  • Jana

    Conviver com as pessoas é pisar em ovos constantemente. Se, às vezes, até nós nos surpreendemos com o que podemos fazer, com quem podemos ser, quem dirá com outros, né? E falando de 'ser você mesmo', acho que é esse o motivo pra eu dormir tão tarde todas as noites: ser o que eu quiser depois que todo mundo dorme, ser eu, sem ninguém pra observar, porque no dia a dia, poucas são as vezes em que me deixo mostrar.

    Beijos!

Veja mais comentários:
1 2 3 4
ir ao topo