Pessoalidades

Iceberg

Às vezes penso em como é difícil lidar com as pessoas. É incrível como pode se viver tanto tempo com uma pessoa e simplesmente não saber qual é uma das coisas que ela mais gosta, ou odeia, assim como há pessoas com quem você convive apenas uma semana e já sabe até qual é o seu maior defeito e qualidade. Mas conhecer de verdade é tão difícil… As pessoas sempre nos surpreendem.

Não acredito mais na teoria que as pessoas falam para você "ser você mesmo". Pare para pensar e reflita: seja você mesmo, mas vai ter que aturar alguém olhando para você com os olhos esbugalhados, supreendido pelo o que você acabou de fazer. Sinto como se às vezes é melhor cada um viver no seu mundinho para deixar de ser julgado, mas é óbvio que temos que encarar o mundo lá fora.

Menina meiga, nerd e carinha de anjo pode sim falar puta que pariu com todas as letras e adorar filmes de besteirol americano — mas na frente dos outros é apenas a bonitinha intocável. Rapaz metido, galinha e babaca pode escrever poesias, ler Dom Casmurro e usar mais de 5% do seu cérebro — mas na frente dos outros é apenas um cara idiota que não vale a pena acreditar em uma única palavra do que diz.

Pessoas realmente interessantes se refugiam dentro de seu âmago e só exprimem aquilo o que as pessoas quer que façam. Ser "você mesmo" está tão na moda que sua verdadeira personalidade, aquela quem você é quando está sozinho no quarto com sua bagunça, fica por lá depois que você passa da porta e nem ao menos percebe — e ainda sim diz que é você mesmo, porque está na moda.

Da nossa mais pura essência, com sorte, somente uma ou outra pessoa conseguirá descobrir. Sempre nos contentamos apenas com a ponta do iceberg, esquecendo de mergulhar fundo com medo de quebrar o gelo.


Comentários

Ao comentar, você alega que está de acordo com a política do blog e de privacidade, consentindo o armazenamento de seu nome e e-mail nos cookies. Os comentários são moderados manualmente e podem levar algumas horas até serem divulgados ao público.

  • Ohara

    Olha, se vc ver um comentario meu dividido em 2 partes e pq a praga do limite de caracteres não colabora o/ como eu ia dizendo: sim, eu não é por isso
    eu assumo sim, eu falo vai se lascar, vai te catar, se manca, porcaria, praga e qualquer raios que o parta dessas coisas com todas as letras, mais eu
    ja falei, né? na frente de todos eu só sou somente isso: uma garota chamada Ohara, 24 anos, a idiota retardada intocável&é isso.
    bjs o/

  • Ohara

    Nossa Flávia, que texto tão verdadeiro. amei amei amei, lindo, lindo, lindo! você escreve belícimos textos, textos maravilindos mesmo! *_-*
    A ultima frase desse texto, concordo piamente. sério, eu acredito piamente nessa sua filosofia do texto, primeiro:
    Essa coisa de seja vc mesmo, acho q ninguem consegue realmente "ser vc mesmo", pra mim isso so e modinha o/
    Modinha passageira? acho que não. de céculos que escuto esse lalalalalala de seja voce mesmo, eu nunca vi realmente alguem sendo vc mesmo, tipo: sim,
    Na frente de todos eu sou somente a descrição abaixo: uma garota chamada Ohara, 24 anos, a idiota retardada intocável. mais sim, eu assumo q eu falo

  • Grazy

    Ser você mesmo é um desafio sem tamanho. As pessoas falam seja você mesma, mas quando você é, elas te olham torto, te julgam e falam mal. Elas não querem que seja você mesma, elas querem que você seja alguém que se adeque a sociedade, ou melhor, ao mundinho delas. Não generalizo, mas é isso que eu imagino quando escuto essa frase.
    Beijooo !!!!

  • Renatinha

    Eu tento ser eu mesma perto de todo mundo. Família, amigos, mas é como você disse, se eu falo alguma coisa que pros outros não parece ser eu me olham de um jeito! Dia desses comentei algo brincando num grupo lá no face e um amigo meu ficou chocado! Disse que eu sou o ideal de menina direita!
    Já me taxaram de criança, careta, direita… Mas me conhecer como eu sou ninguem conhece! só eu mesma!
    ;*

Veja mais comentários:
1 2 3 4
ir ao topo