Pessoalidades

Falar, ou se calar para sempre?

Eu sempre tenho a péssima sensação de que eu só faço merda em minha vida. Não, não estou brincando, é sério… Faço muita merda mesmo. Tenho o insano costume de esbofetear a cara de alguém — com palavras, claro, não sou tão doida assim, afinal — e depois me arrepender e ficar dias e dias me amargurando. Eu sei que faço muita burrada porque não messo o tamanho das minhas palavras estúpidas movidas pela emoção na hora porque não costumo pensar, só solto o que sinto. Falo mesmo e não estou nem ai — só não sou assim com quem não tenho liberdade, claro.

(imagem via an_pena)

Pensar mesmo só penso depois, e penso tanto que minha cabeça até dói, meus músculos da nuca chegam a dar pontadas de tensão. E quando não falo? É como se tivesse algo entalado em minha garganta. É sempre tudo ou nada. Eita personalidade chata de se lidar… eita pessoa chata que acredita que deve esperar que outro adivinhe tudo que se passa em sua mente mirabolante, ora cheia de amor, carência, ora cheia de dúvida e raiva. Tsc, tsc, tsc… eu deveria saber que não pode se esperar nada.

E quando não falo o que se passa dentro de mim para alguém, não falo mesmo. Ou, quem sabe, surpreenda-me… ou não, às vezes só é necessário alguém realmente querer que eu fale. Se nada sai de mim, depois eu me viro com a fumaça que sairá da minha cabeça e com ovo da minha garganta. Falar, ou se calar para sempre?

Percebe o tanto que é contraditória a mente humana? Ou será que é apenas a minha, hm…


Comentários

Ao comentar, você alega que está de acordo com a política do blog e de privacidade, consentindo o armazenamento de seu nome e e-mail nos cookies. Os comentários são moderados manualmente e podem levar algumas horas até serem divulgados ao público.

  • Andreia

    (O pior de se falar sem pensar é a culpa que depois nos açola, aquele peso na consciencia que não vai embora. >.<)

    Este tema é meio complicado. Por um lado, é bom falar, mas outro lado… Não dá para dizer se deves falar ou se deves calar porque dependerá do que queres falar e a quem o queres falar. .-.

    Mas acho que é sempre melhor falar do que calar. Pelo menos, ficamos mais aliviados. 😉

  • Luuh Costa

    Aninha, eu também era bem assim. Odeio ficar com algo na garganta e desabafo tudo mesmo. Um dia desses, tive uma conversa com meu pai e ele me disse que se calar mais é melhor do que falar. Daí ele me disse que, Deus cuida dos nossos pensamentos <3

    Mas, O Senhor Jesus afirma: "a boca fala do que está cheio o coração.”

    Deus sabe de todas as coisas que acontece conosco e nos ama 🙂
    Belo post. Amei !

    Beijos <3

  • Lena

    Aninha, eu sou o tipo de pessoa que engole, engole e remói 🙁 é horrível em diversos momentos…
    Quando resolvo falar uma descarga de adrenalina me toma, grito, tremo e depois me sinto leve, ou fico soluçando de nervosismo.
    Acredito, Aninha que existe momentos que devemos nos calar, ceder… mas nem sempre por que isso gera doença.
    Foi bom vir aqui novamente depois de um tempo!
    Beijos!

  • liarabastos

    Aninha, te entendo.
    Mas eu sou do tipo de pessoa que as vezes fico assim, não é sempre, porque eu falo tudo! rsrsrs, com cuidado claro, mas falo. Tenho pavor de criar uma bola de neve e depois vir ladeira abaixo, então vou falando as poucos o que acho errado… Se eu fosse você, eu tentaria! Pelo o menos naquilo que você mais detesta, tenta dizer com delicadeza, rsrsrs…
    As vezes fico assim que nem você, pelo simples fato de estar um pouco cansada de sempre dizer as coisas, e ai a pessoa esquece e eu fico muito mau, rsrsrs.

    Tenta se libertar das coisas que te fazem mau, fazendo um bem á ambos.

    Beijos!

    *sei que estou ausente no sei blog, mas estou atolada :~

  • Jana

    Realmente, Ana, não sei o que é pior.
    Geralmente eu também falo demais e passo dias me arrependendo e remoendo o que foi dito mesmo que não tenha mais jeito… >_<
    Aprendi mais a me segurar mesmo que eu seja bastante explosiva, só que é terrível segurar a língua e ficar entalada até as coisas se acalmarem…
    Óh, vida! rs

Veja mais comentários:
1 2 3
ir ao topo