Passeios e Viagens

Disney Trip: Animal Kingdom, o melhor parque da Disney

Para alguns pode parecer polêmico o título desde post, mas para mim é a mais pura e descarada verdade, haha. 😎 Depois de praticamente perder o meu primeiro dia de Magic Kingdom, o primeiro parque da Disney pude realmente aproveitar muito foi o Animal Kingdom. E eu não tenho palavras para descrever tamanha sensibilidade e perfeição que é este parque. 😊

Entrada do Animal Kingdom - Madly Luv - Por Ana Flávia Cador

Entrada do parque

Essa lindeza possui 6 áreas temáticas: o Oasis (entrada principal), Discovery Island, Africa, Asia, DinoLand e Pandora, o mundo de Avatar (tem como viver neste local para sempre?). O parque foi inaugurado em abril de 1998, ocupando o segundo lugar de maior parque temático do mundo ao se tratar de extensão. E como se isso não bastasse, ele foi o primeiro parque da Disney a ter o tema de conservação animal, com diversas atrações ocupadas por animais de verdade (e muitos deles soltos), recebendo diversas credenciais mundiais confirmando que o parque cumpre com excelência todos os requisitos de educação, conservação e pesquisa na área. Eu encarei o Animal Kingdom como um zoológico gigante a céu aberto com temática Disney misturada.

Jardim Animal Kingdom - Madly Luv - Por Ana Flávia Cador

A louca das frôzinha ficou deslumbrada com os jardins e tanto verde envolvido. 😊

Aproveite e leia também:

Disney Trip: Magic Kingdom
Como planejei minha viagem para Disney

Navegue pelas páginas deste post para ver mais fotinhas!

Discovery Island

É o coração do parque, onde tem a Árvore da Vida, que chega a manteiga derrete quando você a vê de longe, porém, nada se compara a ela de noite, quando o sol se põe.

Embaixo da árvore há um cinema, com uma atração chamada It’s Tough To Be a Bug, que é do filme Vida de Inseto. É um cinema 3D super legal com personagens que eu não dava nada por ele, mas que se revelou umas das atrações mais legais do parque! Os corredores foram feitos como se fossem as raízes da árvore, com diversos animais entalhados. A Árvore da Vida é uma obra de arte, sem dúvida alguma.

A Árvore da Vida e toda sua maravilhosidade a noite, com jogo de luzes e projeções na árvore, com diversas historinhas infantis. É uma das atrações finais do parque e é de chorar!

Entre o Oasis, que é a entrada principal e ao redor da Discovery Island, há diversas barraquinhas para vender lembrancinhas e você já encontra alguns personagens andando por ai e dando autógrafos.

África

A nossa primeira parada do parque foi no restaurante Tusker House para o café da manhã. Assim que nós compramos os ingressos em dezembro, fiquei super na vontade de ir em algum restaurante para comer com os personagens, e o mais em conta que eu vi e que abria antes mesmo do horário de funcionamento do parque (para aproveitarmos mais o dia) foi este restaurante, localizado logo no comecinho da land da África.

Animal Kingdom - Madly Luv - Por Ana Flávia Cador
Interior
Suquinho que tinha cor de laranja, mas eu jurava que era Goiaba
Donald Duck - Tusker House - Animal Kingdom - Madly Luv - Por Ana Flávia Cador

Eu achei o restaurante lindo, os personagens vão de mesa em mesa para conversar conosco e tirar foto, e o que achei mais fofo é que todos os personagens (inclusive os funcionários) são caracterizados de safari, hahaha. A comida é muito gostosa! Tinha bastante variedade de pratos de culinária americana e africana. Você pode comer à vontade por um preço fixo, mas eu achei muito caro — muito mais caro que eu imaginava que seria, rs. 😤 O Tusker é conhecido por ser uns dos restaurantes com personagens mais "em conta" dentro dos parques da Disney. Segundo o site, o valor dele gira em torno de US$15 a US$34 por adulto, mas notei que este valor depende muuuuito da época do ano, e acabamos pegando uma época cara.

Houve um momento que o garçom achou que pagaríamos no cartão usado na nossa reserva (que foi o meu), e pensa o meu desespero profundo quando recebi a notificação do cartão uma fatura de R$300??? 😰 Quase cai da cadeira, mas revertemos o mal entendido: o garçom estornou o cartão e aceitou pagamento em cash, entrando na nossa cota diária de dólares (que era nosso plano). O café da manhã acabou saindo por US$42 para cada um com gorjeta. É caro, mas prefiro pensar que isso é uma vez na vida e outra na morte, então tá tudo certo, rs. Na real, meu sonho era um café da manhã no Castelo da Cinderela, no Magic Kingdom, mas eu sei que iria sair 4 vezes mais caro (no mínimo) e eu ainda teria que pagar adiantado no cartão de crédito! Pensa o quanto isso seria caro? Sem condições! Meu dinheiro não é mato.

Depois do café fomos direto para o Safari, que era bem pertinho do restaurante, e como já tínhamos FastPass+ agendado, nem pegamos fila. São 20 minutos de passeio entre os animais soltos num campo gigantesco (só ele é maior que o próprio Magic Kingdom!). Me senti num verdadeiro Safari na África! ⚠

O que é o FastPass+?

O FastPass+ é o fura fila organizado da Disney e é totalmente de graça! A partir do momento em que você compra o ingresso, você tem direito a 3 agendamentos antecipados por dia, com no máximo 30 dias de antecedência ao dia que você vai ao parque desejado (e 60 dias para quem está hospedado no Resort da Disney). E quando você usa os seus 3 agendamentos do dia, você pode ir agendar mais (só que um por vez). Nós chegamos a usar uns 6 FastPass+ no mesmo dia! É maravilhoso e economiza MUITO o tempo, fazendo aproveitar muito mais!

Arquitetura da land da África
Entrada do Safari
Safari Animal Kingdom - Madly Luv - Por Ana Flávia Cador

Ainda na land da África há um musical circense do Rei Leão que é a coisa mais fofa que tem (tem vários vídeos nos stories lá no meu perfil) e também diversas atrações educativas sobre a vida animal. A forma como estes animais eram mostrados ao público era da forma mais fiel possível ao seu habitat, onde você que se encontrava "enjaulado" na maioria dos casos, e não os animais. Entretanto, confesso que fico me perguntando se estes animais são bem tratados, sabe? Uma fonte em 2015 afirma que o Animal Kingdom é considerado um dos piores zoológicos para elefantes devido a alguns incidentes relacionados à espécie que aconteceram no parque — e espero que isso tenha mudado atualmente — mas eu não achei nenhuma outra notícia relacionada a outros maus tratos (ou eles escondem muito bem, não sei o que é pior), enquanto na Sea World a cada 10 notícias que eu procurava sobre, 11 era em relação os maus tratos! 😵 Por outro lado, se o Animal Kingdom tem todos aqueles certificados mundiais, imagino que é de interesse deles mantê-los, então suponho que há alguma fiscalização envolvida.

Asia

Eu adoro a land da Ásia! Parece que você está num mercado a céu aberto super movimentado, haha. Tive a sensação de que iria ser atropelada por um tuck-tuck a qualquer momento (mesmo não tendo nenhum tuck-tuck) pois me sentia no meio das ruas da Índia, mesmo nunca ter ido por lá, hehe. É nesta land que tem uma das melhores montanhas-russa da Disney, a Expedition Everest, que se passa dentro de uma montanha artificial que é uma réplica perfeita da montanha mais alta do mundo, com direito a um sustão no meio do percurso, hahaha.

Animal Kingdom - Madly Luv - Por Ana Flávia Cador

Dá para imaginar que isso foi feito pelas mãos humanas, e que ainda por cima tem uma montanha-russa lá dentro? Morri, mas passei bem.

Dinoland

Eu tenho um carinho especial por esta land. Apesar de ser bem voltada para o público infantil, ela tem um quêzinho de parque de diversões municipal, porém muito mais fofinho, e isso me deu aquela saudadinha da infância. A melhor atração desta land é a Dinousaur, que você entra numa espécie de carrinho e volta ao tempo dos dinossauros e quase é devorado por um, haha.

Animal Kingdom - Madly Luv - Por Ana Flávia Cador
Animal Kingdom - Madly Luv - Por Ana Flávia Cador

Atração Dinosaur, do filme Dinossauro, animação de 2000

Pandora

Essa é a land mais nova do Animal Kingdom e a mais maravilhosa! Foi inaugurada no ano passado com diversas apresentações durante o dia (assim como em toda extensão do parque, cheia de apresentações de rua) e com duas atrações maravilhosas: a Na'vi River Journey, que é um passeio de barco no escuro, como se estivesse dentro da floresta de Pandora à noite com suas plantas luminosas fluorescentes (o cheiro deste lugar é maravilhoso) e a atração Flight of Passage, que é um simulador 4D de altíssima tecnologia que simula o voo por Pandora como se estivesse em um Banshee (animal que lembra um dragão). O nível de imersão do Flight of Passage é algo fenomenal e muito, muito realista! ⚠ O seu ingresso já vale só por causa desta atração! 😍

Animal Kingdom - Madly Luv - Por Ana Flávia Cador

Uma das ilhas flutuantes de Pandora

Uma coisa que acho muito legal dos parques da Disney, é que as atrações já começam antes mesmo de entrarmos no lugar. Os cenários cinematográficos das atrações se estendem para os visitantes que estão à espera, e isso super ajuda a passar o tempo, pois sempre vai ter alguma fila no seu dia do parque que vai demorar mais de uma hora. Para Flight of Passage em Pandora eu e Victor esperamos 2h e a fila quase era uma atração separada, de tão legal que era (deixei registrado nos stories)! E como já sabíamos que era uma atração super concorrida, nós preferimos deixar para o final do dia, e assim aproveitar todos outros FastPass+ que tínhamos agendado antes e ir agendando mais "fura-filas" ao longo do dia. Praticamente todas as atrações que fomos foi com uso desse benefício, e olha que o parque estava cheio!

Show de encerramento

Para não perturbar os animais do parque, o show de encerramento não possui fogos. Tudo é feito no lago que fica no meio do parque, entre a Discovery Island e a land da Asia, com "águas dançantes", projeções e uma música espetacular. O que tem de magia no show Happily Ever After do Magic Kingdom, o Rivers of Light no Animal Kigdom tem de sensibilidade. O show é uma ode à mãe natureza, pura poesia. Foi o detalhe que me bastou para fazer que este parque ser o melhor no meu coração. 😍

Rivers of Light - Animal Kingdom - Madly Luv - Por Ana Flávia Cador

Repara as projeções de luzes nas árvores! E olha só a Árvore da Vida lá atrás do lago, que coisa mais maravilhosa.

Rivers of Light - Animal Kingdom - Madly Luv - Por Ana Flávia Cador

Extasiada!

O que usei para tirar as fotos?

Eu usei uma Nikon D5600 (em breve resenha dela aqui no blog), uma lente 18-105mm f3.5-5.6G para fotos do Safari e todo o restante das fotos (e também em outros dias de parque) usei a minha xodózinha inseparável 35mm f1.8G. Falo mais sobre essa lente e mais algumas outras na resenha da minha antiga câmera, a Nikon D3200, que tem a mesma compatibilidade de lentes da D5600. 🙂

Aproveite e leia também:

Tudo sobre minha Nikon D3200 e dicas de lentes
Como edito minhas fotos para o blog
Como otimizar imagens para acelerar o carregamento do blog

Eu fiz vários stories no meu insta ao longo do dia que estive no parque, é só acessar a pastinha destacada lá no meu perfil. 😊 E você, já foi ao Animal Kingdom? Pretende ir algum dia? Conte-me o que achou!


Comentários

Ao comentar, você alega que está de acordo com a política do blog. Os comentários são moderados manualmente e podem levar algumas horas até serem divulgados ao público. Caso alguém responda o seu comentário aprovado, você será notificado via e-mail.

  • Anilyan

    Eu não sei se você recebe notificações, portanto é só para dizer que fiz um comentário enorme no seu post sobre as dificuldades de se ser designer freelancer 😊 Mas aproveito para dizer que, posto assim, a Disney parece ainda mais encantadora do que eu imaginava, e que me esqueci de dizer no outro comentário que adoro as animações no header do blog.

    Até à próxima <3

Veja mais comentários:
1 2
ir ao topo