Um ano inesquecível

Pessoalidades

Foi no aniversário de minha mãe que percebi que o ano já passou. E muito rápido por sinal. Quando notei que já estamos em dezembro eu quase entrei em desespero e quase, quase me veio o desejo de que eu queria que este ano se estendesse um catiquinho mais, porque tenho orgulho em dizer que foi um dos melhores anos que já passei.

Em 2014 finalmente me formei, e foi a maior conquista da minha vida! Um sonho realizado, uma meta de vida cumprida. Mas sei que muita coisa virá pela frente. Este ano tive provas que, mesmo fora da faculdade, os estudos nunca param. Aprendi que, para ser um bom profissional, também precisa trabalhar com o coração. E fiquei tão empolgada depois da formatura, que reformulei o meu quarto e o transformei num mini escritório, uma espécie de home office — e é de lá que sai tudo o que escrevo e crio. Amar o que faz é tão fundamental quanto respirar. E tem mais! Neste ano me vi ajudando tantas pessoas com dicas de design que, ao ler os posts, ver o grupo do blog e todos os e-mails que recebo sobre isso, me fez pensar o quanto é bom compartilhar conhecimento.

Em 2014 li mais, ri mais e chorei mais. Em 2014 percebi o quão manteiga derretida que sou. Em 2014 pude ler todos os livros que eu queria e ainda ficar na dúvida sobre qual me deixou mais extasiada e qual me fez chorar mais. Neste ano passei noites e tardes (não necessariamente nesta ordem) vendo filmes, comendo muito Sour Tubes e sanduíches de molho barbecue com o namorado. Quem precisa de dieta? Minha dieta é ser feliz.

Neste ano viajei, nem que tenha sido por um dia, e foi muito importante sentir um pouco desta liberdade. Neste ano tive a coragem de pintar o cabelo, coisa que eu jamais pensaria que poderia fazer algum dia! E logo fui para o ruivo, uma cor que eu achava que jamais iria combinar comigo. Entretanto, foi justamente esta cor que me fez sentir uma nova mulher, revigorada, diferente e, ao mesmo tempo, mais eu mesma. Como se minha alma fosse ruiva e só depois de 23 anos que fui descobrir minha identidade, haha.

Neste ano o blog cresceu. Não tanto quanto eu queria, mas o suficiente para me deixar muito feliz! Comecei a me interessar mais por moda, e um dinheirinho extra chegou para cobrir os gastos do blog. E por causa desse pequeno crescimento conheci pessoas incríveis! Fui convidada a eventos locais e a encontrinhos de blogueiras. Conheci várias blogueiras que eu nem imaginava que um dia poderia trocar um olá, e que hoje fazem parte de meu coração. Foi com muita felicidade que conheci a Gio, a Gi, a Giovanna (sim, todas Giovannas, eita! rs), a Bella, a Isa, a Karen, a Chai e a Letícia, e as outras dúzias de blogueiras. E eu achando que estava sozinha aqui no centro-oeste… santa ignorância, haha.

Em 2014 tive perdas. Perdi uma companheira de quatro patas que, ao se for, levou meu coração junto. Senti uma dor tão grande, que parecia que alguém estava arrancando um membro de meu corpo. Uma saudade que jamais passava, que me enchia de tristeza ao olhar cada cantinho da casa onde ela dormira. Entretanto, pouco depois fui agraciada por uma pequenina que estava entre a vida e a morte encontrada na beirada de uma rua. E meu coração, antes machucado, foi preenchido por tanto amor que não pude resistir. A levei para casa e hoje dorme bem ao meu lado.

A vida só tem sentido quando temos sorrisos e lágrimas. Meu 2014 foi repleto delas… e a única e melhor coisa que posso dizer é: Obrigada 2014! Que 2015 seja muito bem-vindo, que seja tão bom quanto 2014, quiçá melhor ainda!

E o seu 2014, como foi?

Veja também...

Não nasci para ser "blogueira"
Realizações de 2016 e pedidos para 2017
Projeto Mete a Colher: Sororidade na palma da mão

24 Comentário(s)

(24 pelo blog e pelo facebook)
  • Ohara
    Visitar blog
    21 . 06 . 2015

    Como foi meu ano passado? nem sei! Mais só sei q concordo com vc q tambem a minha dieta é ser feliz^^
    Beijoooos!

    Responder

  • Yasmin
    Visitar blog
    02 . 01 . 2015

    Quanto coisa boa! :D
    Ah, se formar e algo bom e que marca a gente, e dar o coração ao se trabalhar faz tudo ser melhor! ^^
    Sinto pela tua perda. :/ E fico contente ao saber que hoje tens uma companheira que estás contigo. :)
    Poxa, conhecer tanta gente boa é algo incrível!
    Sabe, que 2015 seja um ano ainda melhor pra ti! Que conquiste seus sonhos! ^^
    Beijo, Min – http://www.yasminbueno.com/

    Responder

  • Nathália C.
    Visitar blog
    22 . 12 . 2014

    É sempre bom quando um ano acaba e a gente tem mais coisas boas do que ruins para dizer.

    Responder