Sawabona e Shikoba: um novo jeito de amar

Coisas de amor

"Não é apenas o avanço tecnológico que marcou o inicio deste milênio. As relações afetivas também estão passando por profundas transformações e revolucionando o conceito de amor. O que se busca hoje é uma relação compatível com os tempos modernos, na qual exista individualidade, respeito, alegria e prazer de estar junto, e não mais uma relação de dependência, em que um responsabiliza o outro pelo seu bem-estar.

A idéia de uma pessoa ser o remédio para nossa felicidade, que nasceu com o romantismo, está fadada a desaparecer neste início de século. O amor romântico parte da premissa de que somos uma fração e precisamos encontrar nossa outra metade para nos sentirmos completos. Muitas vezes ocorre até um processo de despersonalização que, historicamente, tem atingido mais a mulher. Ela abandona suas características, para se amalgamar ao projeto masculino.

A teoria da ligação entre opostos também vem dessa raiz: o outro tem de saber fazer o que eu não sei. Se sou manso, ele deve ser agressivo, e assim por diante. Uma idéia prática de sobrevivência, e pouco romântica, por sinal. ::teary::

Ler mais…

Caso tenha ficado curioso(a) em saber o significado de SAWABONA, é um cumprimento usado no sul da África quer dizer "Eu te respeito, eu te valorizo, você é importante para mim". E em resposta as pessoas dizem SHIKOBA que é "Então eu existo para você"."

texto por Flávio Gikovate, médico psicanalista
 

Veja também...

A falsa liberdade
Palavras em música: Abrigo
"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas"

4 Comentário(s)

(4 pelo blog e pelo facebook)
  • Talita
    Visitar blog
    11 . 11 . 2011

    Gostei do texto, concordei com a maioria. Acho que essa coisa de "metades" é meio fail… acho que se uma pessoa é feliz sozinha (ou seja, inteira), ela será ainda mais feliz quando achar um outro inteiro, e não outra metade. =)

    Beijo ;*

    Responder

  • Lari
    Visitar blog
    10 . 11 . 2011

    Sinto tanta falta desse tipo de amor. Posso dizer que o tenho com minha mãe e um amigo ^^ Aquele aconchego de estar com a pessoa e tudo. De fato o amor tem desaparecido muito ultimamente devido aos avanços tecnológicos; ficamos cada vez mais sozinhos e trancafiados em nós mesmos. :/
    Beeijos, Ana.

    Responder

  • Poly
    Visitar blog
    08 . 11 . 2011

    Mto bom esse texto. Concordo totalmente. Não quero alguém pra me completar, quero alguém completo que me faça me sentir bem :)
    Bjuxxxxxx

    Responder

  • Lívia
    Visitar blog
    08 . 11 . 2011

    Meu Deus, que intenso! Esse final me fez suspirar e refletir por alguns instantes. "Então eu existo para você." Que incrível! E na verdade é o que nós queremos quando amamos, existir para a outra pessoa e existir desse modo, sendo respeitado e valorizado, tendo importância. Obrigada Ana, por compartilhar esse texto lindo =)

    Responder