Madly Luv - O mLuv é um blog pessoal no qual aborda vários assuntos como design, músicas, literatura, arte, televisão etc. Desenvolvido e mantido por Ana Flávia Cador.

Resenha: Insurgente

Leitura
Livro: Insurgente
Série: Divergente
Autor(a): Veronica Roth
Editora: Rocco
Páginas: Lido em seu formato digital
Classificacao:
Sinopse: Na Chicago futurista criada por Veronica Roth em Divergente, as facções estão desmoronando. E Beatrice Prior tem que arcar com as consequências de suas escolhas. Em Insurgente, a aguardada continuação da série de distopia que se tornou o novo fenômeno do disputado mercado Young Adult após Jogos Vorazes, a jovem Tris tenta salvar aqueles que ama enquanto lida com questões como mágoa e perdão, identidade e lealdade, política e amor.

Enquanto víamos uma Tris um pouco deslocada, tentando lidar com sua divergência e descobrindo a si mesma no primeiro volume, neste Tris se torna uma garota mais racional e uma verdadeira integrante da Audácia. Prometo que não contarei spoilers com detalhes, mas há partes nesta resenha que talvez podem ser reveladoras se você não leu o primeiro volume.

Consciente que precisa salvar todos aqueles ao seu redor, Tris se vê pertubada com os fatos que aconteceram no primeiro livro. Apesar de estar mais racional em Insurgente, Tris se torna paranóica em honrar a morte e o sacrifício de seus pais, além de viver com o peso da culpa de ter assassinado um de seus melhores amigos. O peso destas consequências a torna inconsequente, quase psicótica, sem se importar com seu próprio bem estar e sobrevivência — e quem acaba sofrendo muito com isso é Quatro.

E no meio de todo este caos e de refúgio dos membros da audácia em sedes de outras facções, surge uma indagação que ninguém tinha questionado. A existência de um segredo, uma verdade que é extremamente perturbadora a respeito de como Chicago sobreviveu à guerra e como é o mundo exterior. Seria esta verdade o real motivo da guerra final do primeiro livro, e não apenas uma rixa entre as facções. Não… foi por algo muito maior do que isso.

Gostei muito do fato de Veronica Roth colocar ênfase também nos outros personagens e nos seus conflitos. Conhecer de fato quem é o verdadeiro Quatro e o quanto o seu passado o assombra ainda, me deixou ainda mais balançada por ele. ::love:: Os personagens evoluem, e passamos a conhecer lados bons e ruins de cada personalidade imperfeita. Me surpreendi com alguns personagens, imaginando coisas terríveis, que na hora H tomavam atitudes completamente opostas ao esperado!

Capa linda *-*

No primeiro livro a capa tinha o símbolo da Audácia, já que é a facção mais explorada no primeiro livro. Neste volume temos o símbolo da Amizade. Como já podemos imaginar, iremos conhecer um pouco mais a fundo esta facção, e confesso que não gostei tanto quanto eu achava que iria gostar. Como toda facção, a Amizade tem um lado podre que pelamor… me dava até raiva, hehe! Isso prova que nenhuma das facções é perfeita, apesar de todas as qualidades e diferenciais de cada uma.

"Às vezes, sinto que estou colecionando as lições que cada facção tem a me ensinar e guardando-as em minha mente, como um guia par ame virar no mundo. Há sempre algo a aprender, sempre algo que é importante entender."

Insurgente é um livro de transição. É um livro de perguntas e cheio de riscos. É uma ponte entre o estopim da guerra e um pontapé para o final arrebatador (e que final!) que acontece no próximo e último livro. Ele acaba colocando a pergunta principal: o que há lá fora e o que os divergentes têm a ver com isso?

Um comentário sobre o filme

Vi a adaptação do primeiro volume e achei maravilhosa a interpretação dos personagens. A Shailene como Tris ficou maravilhosa, e não consegui imaginar um ator melhor para o Quatro! Só achei que precisava um pouco mais de porrada e sangue, hehe — porque vamos e convenhamos, no livro há cenas fortíssimas! — mas eu entendo que a adaptação precisava respeitar as normas de classificação de faixa etária de 13. Sei que se as cenas de violência fossem iguais ao livro, a classificação seria de 18 anos, e perderia um pouco do público leitor que é predominantemente teen.

Sei que demorei um catiquinho para resenhar, mas antes tarde do que nunca, hehe. Você já leu Insurgente? Viu a adaptação? Me conte para a gente trocar figurinhas, haha. ::blush::

Veja também...

Resenha: Eragon, Ciclo da Herança
Resenha: Maze Runner, Prova de Fogo
Resenha: Maze Runner, Correr ou Morrer

6 Comentário(s)

(6 pelo blog e pelo facebook)
  • Jéssica
    Visitar blog
    25 . 06 . 2014

    Ooie. Ja li a serie toda e serio, fiquei com vontade de mais. Fiquei com raiva. E adorei o livro, mesmo eu achando que não sou o publico (tenho 22 anos hahaha) mas eu adorei a história. Mas ainda não vi o filme. Resolvi ler o livro antes haha. E realmente, vc vê a realidade das facções e percebe q nada é tão perfeito. E tbm não é de toda mal tbm, as vezes onde vc não imagina encontra algo bom não é?

    Adorei a resenha, beijos

    Responder

    • Aninha
      Visitar blog
      30 . 06 . 2014

      @Jéssica, que bom que gostou da resenha! De fato, nenhuma facção é perfeita e todas tem seus prós e contras. A Amizade me deixou com muita raiva! >.< Eu também não seria parte do público de Veronica Roth, mas amo livros da categoria Young Adult! Mas há coisas abordadas nos livros que acredito que são um pouco pesadas para adolescentes de 13 anos. Talvez este seja o público da autora, mas a trilogia é séria, não há mimimis infantis, por isso ela consegue público de outras faixas etárias também, o que é ótimo! *-*

      Beijocas!

      Responder

  • Monique
    Visitar blog
    20 . 06 . 2014

    Adorei. Estou a tempo querendo ler essa trilogia. Parece ser bem interessante :)

    Responder

  • Isabella Gomes
    Visitar blog
    20 . 06 . 2014

    Estou louca para ler Insurgente, e você só me deixou com mais vontade agora, eu sempre desconfiei da amizade. Ninguém é tão bom quanto parece. Estou com tanta saudade do Quatro. Tenho que ler logo mas estou com problemas para me concentrar quando leio pela tela do celular, preciso de algo maior.

    Responder