Madly Luv - O mLuv é um blog pessoal no qual aborda vários assuntos como design, músicas, literatura, arte, televisão etc. Desenvolvido e mantido por Ana Flávia Cador.

Resenha: Cidade do Fogo Celestial

Leitura
Livro: Cidade do Fogo Celestial (Vol. 6)
Série: Os Instrumentos Mortais
Autor(a): Cassandra Clare (minha rainha)
Editora: Galera Record
Páginas: 531
Classificacao:
Sinopse: ERCHOMAI, Sebastian disse. Estou chegando. Escuridão retorna ao mundo dos Caçadores de Sombras. Enquanto seu povo se estilhaça, Clary, Jace, Simon e seus amigos devem se unir para lutar com o pior Nephilim que eles já encararam: o próprio irmão de Clary. Ninguém no mundo pode detê-lo — deve a jornada deles para outro mundo ser a resposta? Vidas serão perdidas, amor será sacrificado, e o mundo mudará no sexto e último capítulo da saga Os Instrumentos Mortais.

Esta provavelmente é uma das resenhas que eu mais queria fazer neste ano. Nestes 4 anos que acompanhei o trabalho de Cassandra Clare, eu achava que não podia ficar mais apaixonada por ela que eu já estava. E me enganei. O fechamento desta saga que ganhou o meu coração quase tanto (ou até na mesma medida) quanto Harry Potter, me deixava em êxtase a cada capítulo que eu lia.

Não irei comentar muito sobre a estória pois, como é o último volume, estará cheio de spoilers dos outros livros. Por isso, recomendo fortemente que leia as outras resenhas que fiz das outras leituras desta saga. Só não fiz a resenha do 2º livro, Cidade das Cinzas, por que na época não tive tempo de escrever.

Deixarei aqui registrado apenas os meus profundos sentimentos sobre o quão maravilhoso é este universo criado por Cassandra Clare ::blush::

Resumo

Resumindo a estória num sentido para quem ainda não leu esta saga, o mundo é dividido entre membros do submundo (feiticeiros, vampiros, lobisomens e fadas), demônios, humanos (chamado de mundanos) e nephilins — estes últimos chamados de Caçadores de Sombras: guerreiros com sangue de anjo correndo em suas veias destinados a banir os demônios da Terra.

A narrativa de toda a saga gira em torno da família de Clary, uma garota que descobre que é Nephilim após o sequestro de sua mãe. E seu pai, Valentim, que todos acreditavam que estava morto, volta à ativa com intenção de fazer um mundo apenas de caçadores de sombras. Mas ele não é o pior vilão, mas sim seu filho e irmão de Clary, Sebastian, que estava até então escondido, chegando com um sentimento de vingança pela repressão de seu pai e ciúmes doentio — fruto de alta quantidade de sangue de demônio que o pai injetou nele quando criança — querendo dominar o mundo em suas diversas esferas (entre elas, o mundo demoníaco e o dos homens simultaneamente) e com o desejo que Clary fique ao seu lado a qualquer custo.

Contando a estória desta forma parece clichê, uma típica aventura entre bem e mal, anjos e demônios, mas os detalhes e como a autora desenvolve toda a problemática da narrativa da série a torna única!

Leituras paralelas

Em paralelo a este livro eu folheava as páginas do Codex do Caçador de Sombras, um presente lindão que ganhei do Luquinhas a alguns meses atrás. Este livro é como se fosse um guia explicando sobre todo o universo d'Os Instrumentos Mortais, que é o mesmo universo da trilogia As Peças Infernais, outra obra de Cassandra com alguns personagens em comum entre as sagas, porém com uma estória contextualizada no século XIX.

Curiosidade:

Eu já estou com os ebooks d'As Peças Infernais em minha tablet e prontas para serem lidas. Fora esta trilogia, há também uma nova que está prevista para ano que vem, The Dark Artificies (Os Artifícios das Trevas, se levar o pé da letra), com uma estória voltada aos personagens Emma e Jules, figuras que tomaram forma em Cidade do Fogo Celestial. Acho que Cassandra Clare já quis nos apresentar esta nova geração de Caçadores de Sombras para uma nova história! Sabia mais sobre esta nova trilogia e algumas curiosidades picantes.

~ ansiedade define ~

O Códex é um guia sobre armas, crenças, mitos, rituais e criaturas. A coisa mais linda dele é a diagramação. Intercalando entre ilustrações e grafismos, o miolo do livro parece que é de um conteúdo antigo, escrito e reescrito por vários Caçadores de Sombras, além do fato de ter várias anotações em tipografia (fontes) cursivas, como se o livro tivesse passado pelas mãos dos personagens protagonistas da saga.

Esta ilustração representa os personagens da saga Os Intrumentos Mortais, presente atrás da orelha da capa.

Uma diagramação linda!

O livro é composto por ilustrações de vários personagens d'Os Intrumentos Mortais. Esta é de Valentim e Jordan.

Esta é a ilustração dos personagens da trilogia As Pecas Infernais, presente no final do livro atrás da outra orelha.

Minha coleção ♥ ::love::

Isso não é um adeus

As narrativas de Cassandra Clare é livre de preconceito quando se trata de questões sociais. Na estória há romances homosexuais e ela retratou isso de uma forma linda. Amor é simplesmente amor, não importa o gênero e raça. Essas foi uma das coisas que mais me fez ficar apaixonada por Cassandra desde o primeiro volume.

Eu acreditava que não estava pronta para a minha despedida desta saga, mas na medida da leitura pude perceber o quanto que Cassie conseguiu fechar sua narrativa com chaves de ouro. E me senti bem. Não fiquei com ressaca literária, me senti extremamente realizada.

Sabe aquele sentimento de felicidade, pelo qual todas as linhas tomam o seu curso certo, mesmo que sejam de maneiras "tortas", mas que todos os destinos dos personagens deveriam ser exatamente como foi escrito? Chorei com aquele clima de despedida, mas feliz por ter lido um dos melhores livros de literatura fantástica (para mim) até hoje. Não sei até que ponto é loucura me emocionar assim, mas acho que quem é realmente fã de algo poderá entender o meu sentimento. E as obras de Cassandra Clare são dignas de todo o amor do mundo. E que venha mais histórias da tia Cassie para nós!

Veja também...

Resenha: Eragon, Ciclo da Herança
Resenha: Maze Runner, Prova de Fogo
Resenha: Maze Runner, Correr ou Morrer
¬¬ zZz x_x o_O ^^ T_T ;D :x :S :P ::teary:: ::sweat:: ::stress:: ::rolleyes:: ::love:: ::cool:: ::blush:: ::attention:: ::angry:: :) :( ._. *o* *O_O


26 Comentário(s)

(26 pelo blog e pelo facebook)
  • Kakau com Limão
    Visitar blog
    05 . 09 . 2014

    Ainda não li nenhum livro da Cassandra, só me interessei por ela ter ido à Bienal. Confesso!
    Agora fiquei com mais vontade pela tua resenha, pena que aqui na biblioteca onde trabalho, não tem nenhum livro dela. #chorey. Mas indicarei!
    Amei seu novo lay e está ainda mais lindo de bonito, tão organizado, dá gosto de ver!

    Bjoks

    Responder

    • Aninha
      Visitar blog
      12 . 09 . 2014

      @Kakau, como assim não há na biblioteca? *O* deve ser porque é literatura estrangeira e não tão clássica assim, e também nova, por assim dizer.
      Não deixe de ler a saga! É maravilhosa *-*
      Beijocas!

      Responder

  • Nataly
    Visitar blog
    05 . 09 . 2014

    Aninha, bom dia!!
    Sou apaixonada pela Cassandra Clare e como você mesma disse, os livros dela são dignos de todo amor do mundo. ? Fiquei encantada com Cidade do Fogo Celestial, mais ainda por encontrar personagens de As Peças Infernais nele.
    Por falar em As Peças Infernais, super recomendo, mas prepare o seu coração pois ele será partido em milhões de pedaços.
    Beijos.

    Responder

    • Aninha
      Visitar blog
      12 . 09 . 2014

      Ai @Nataly, jura? Vou preparar meu coração já. A Cassandra consegue tirar o meu fôlego! Vou até me preparar haha.
      Li o seu post sobre a indignação por NAO ter conhecido a Cassie. Chorei junto contigo no post. Meus livros choraram também. Queria muito ter ido, MUITO MESMO! T_____T
      Beijocas!

      Responder

  • Isabelle
    Visitar blog
    04 . 09 . 2014

    Eu sou louca pelos livros da Cassandra, são muito legais
    Adorei a resenha
    http://surejustnot.blogspot.com.br/

    Responder