Madly Luv - O mLuv é um blog pessoal no qual aborda vários assuntos como design, músicas, literatura, arte, televisão etc. Desenvolvido e mantido por Ana Flávia Cador.

Realizações de 2016 e pedidos para 2017

Pessoalidades

O ano de 2016 não foi nada fácil para todos nós em vários sentidos. Mas apesar deste ano ter sido difícil, foi um ano de revelações e experiências para mim. Ao reler o post "2016 motivações para lutar" fiquei feliz em ver que consegui realizar a maioria dos meus desejos deste ano que se passou, com realizações que superaram muito as minhas expectativas! Neste post vou fazer um balanço geral sobre o ano de 2016 e o que espero para ano próximo.

As metas que tracei para este último ano foram:

1. Estudar mais sobre o feminismo; 2. Tirar carteira de motorista; 3. Comprar um carro; 4. Viajar; 5. Focar mais nos projetos de design; 6. Ter alguém para me ajudar no suporte; 7. Abrir minha loja de layouts; 8. Fazer alguma atividade física; 9. Voltar a fotografar; 10. Decorar o meu quarto; 11. Ler mais; 12. Procrastinar menos; 13. Continuar a ser ruiva;

Feminismo e liberdade

Conhecer mais sobre o movimento me fez desconstruir conceitos impostos pela sociedade em relação ao meu gênero. Graças ao feminismo que tem ganhado força na internet de uns dois anos para cá, consegui me livrar de um relacionamento abusivo no final de 2015. E 2016 foi um ano de autoconhecimento. Voltei a me conhecer e ser eu mesma, como já comentei aqui no blog quando lancei este layout. ::love:: Por outro lado, quanto mais eu conhecia o feminismo, mais eu via pessoas ignorantes ao assunto atribuindo conceitos errados ao movimento, e isso só me mostrou o quanto a militância é importante — e que jamais devemos nos calar, como foi o caso da Carol Moreira em sua entrevista com Vin Diesel. É preciso sim dizer ao mundo, e repetir quantas vezes for preciso, que assédio ou qualquer outro tipo de desvalorização da mulher só por ser mulher não deve ser passado impune, não importa quem o fez, se é um famoso ou um desconhecido. E ainda há quem diga que não precisamos do feminismo.

Pessoas boas em minha vida

2016 foi um ano incrível no quesito de relacionamentos. Reatei amizades das quais eu fui obrigada deixar para trás e fui descobrir de verdade o que é um relacionamento saudável, com coisas que todo relacionamento normal precisa ter: confiança, amizade e respeito. O Victor entrou na minha vida há alguns anos atrás e não demorou muito para se tornar o meu melhor amigo desde então. Enquanto eu sofria no meu outro relacionamento (e ele no dele), nós éramos o porto-seguro um do outro, onde nos sentíamos bem e em paz. Só depois de um tempo, quando ambos já tinham terminado seus respectivos relacionamentos problemáticos, que fomos entender realmente o que era esse sentimento que tínhamos um pelo outro: algo muito além de uma simples amizade. ::love::

Fotinha de casal ♥

Há males que vem para o bem

Até hoje eu ainda não consegui tirar carteira de motorista, nem comprar um carrinho pra andar. Me contentei com muito orgulho minhas idas e vindas de ônibus pois eu finalmente tive a oportunidade de viajar neste ano, então parte da minha renda extra foi canalizada para essas experiências ao invés de iniciar o processo de tirar carteira. Em maio fui para Pirenópolis, uma cidadezinha aqui perto de Goiânia com o Victor, e em setembro fui para Londres, minha primeira viagem internacional junto com uma amiga, a Laryssa, colaboradora do blog da Ju, o A World to Read.

Trabalho e crise

Eu consegui focar muito mais nos meus projetos freelance (e por consequência, procrastinei menos, haha). Tive sorte de pegar trabalhos que foram super importantes e gratificantes, mas infelizmente a crise chegou por aqui também da segunda metade do ano, devido aos preços de tudo no mercado subindo e demanda de projetos completos (layout + programação) diminuindo. Percebi que muitas pessoas na blogosfera têm optado por comprar temas prontos (aqueles estilo premium, sabe?) e só contratam um designer para a parte de personalização, pois assim o layout fica mais barato do que se for feito do zero. Meus planos de trabalhar só com os freela e ter fazer minha lojinha de layouts ficaram só no papel, pois são projetos que necessitam de um certo investimento e muito tempo. Mas o que tenho percebido por ai na blogosfera só me reforça essa ideia da lojinha. Quem sabe nesse ano novo, né?

Inspirações

Neste ano fiquei muito mais empolgada para fotografar! Fiquei feliz em ter dado um check na minha listinha de metas de 2016 quanto a isso, pois tinha me esquecido qual era a última vez que tinha fotografado com prazer. O fato é que as viagens me deixaram muito inspirada! ::blush::

Hyde Park, em Londres

No Hyde Park, em Londres

Falando em inspiração, comecei o meu projeto para decorar o meu quarto. Demorou um pouco para as coisas começaram acontecer, pois até pouquíssimo tempo atrás eu não tinha nem piso aqui no quarto. Agora com piso inserido, já tenho o aval para fazer o restante do quarto que sempre sonhei. Já tenho um board no pinterest cheio de inspiração. Agora é só botar a mão na massa! Posso marcar um check mesmo assim na lista?

Sobre o corpo e aparência

Finalmente cumpri a minha meta fitness de 2016: fazer qualquer exercício físico! Final de outubro comecei a fazer crossfit com o Victor. Ele já fazia há mais de um ano e me incentivou a fazer também junto com ele duas vezes por semana. Mal comecei a já sinto resultados na minha saúde e disposição. ::cool:: Apesar de precisar emagrecer alguns quilinhos (lê-se: de 8 a 10 kg), eu já me sinto bem satisfeita.

Outra meta que eu tinha para 2016 era continuar a ser ruiva. Talvez foi a meta mais fácil de todo o ano, haha! :P Creio que vai demorar mais alguns anos para este ruivo sair de mim. Postei alguns posts aqui no blog sobre ruivices no começo do ano sobre minhas experiências com Henna que até hoje são uns dos posts mais acessados do blog, me rendendo boas visitas e novas leitoras interessadas neste mundo ruivo. Fiquei muito feliz em saber que meus relatos servem de inspiração e informação para muita gente!

Leitura e estudos

Eu tinha marcado como meta ler mais neste ano, e consegui. Mesmo não sendo na frequência que eu queria, ainda sim foi melhor em relação a 2015, que não teve nenhuma resenha aqui no blog ::stress:: #shameonme. Atualmente estou lendo o primeiro volume da série Outlander e quero muito fazer resenha deste livro comparando com a série de TV, mas o bendito tem mais de 800 páginas *o* (mas já li uns 40%) então essa resenha ficará pra ano que vem, haha.

Aproveitando o gancho da leitura, eu voltei a estudar! Comecei a cursar uma especialização na área da criatividade, chamada Processos e Produtos Criativos (inclusive, o Victor e eu quem fizemos o site do curso!), que se trata de empreendedorismo criativo. Não era uma meta, pois eu não esperava voltar a estudar tão cedo, mas achei que seria interessante fazer este curso, ainda mais com os meus planos de trabalho! Entretanto, o curso está bem no comecinho e por ser muito novo (faço parte da primeira turma) e à distância, ainda não tenho muita opinião para dar sobre ele. Espero trazer mais (e boas) notícias em breve!

E o que desejo para 2017?

Para ano próximo não tenho nenhuma meta pessoal a cumprir, pois sei que as coisas que ficaram apenas no papel é uma questão de tempo para acontecerem — e as que já aconteceram, progredirem (mais viagens, please!). É só continuar ter muita fé e lutar para que continuem a se concretizar. ::blush::

O que realmente desejo mesmo neste novo ano (e nos seguintes) é mais empatia entre as pessoas… Este ano que se passou não trouxe muitas alegrias para nosso país e para o mundo. T_T Nossa instabilidade política e econômica; vários ícones da cultura pop e brasileira indo embora; casos de feminicídio e estupro aparecendo constantemente na mídia; e tragédias como vem acontecendo na Síria com sua guerra civil, e acidentes como aconteceu com nosso time de Chapecó, SC.

Espero muito que em 2017 as pessoas se conscientizem mais em relação ao sofrimento e à realidade ao seu redor. Acredito piamente que a chave para qualquer problema social começar a dar indício de melhoria é a empatia. ::love:: É a partir dela que atitudes mais humanas são tomadas, como a solidariedade, o respeito. Qualquer ato de solidariedade, como uma simples doação mensal ao Médicos Sem Fronteiras e ajudar quem está bem do seu lado, nem que seja com um sorriso, faz diferença. Posso até parecer uma iludida com este discurso, mas se não temos esperança para florecer um ano novo melhor que este que passou, o que restará de nós, né?


Feliz 2017

Tenha um Feliz Natal e um lindo Ano Novo!
Que 2017 traga mais paz para todos nós. ::blush::

Veja também...

Uma faxina na casa: 10 anos de Madly Luv
Não nasci para ser "blogueira"
Projeto Mete a Colher: Sororidade na palma da mão
¬¬ zZz x_x o_O ^^ T_T ;D :x :S :P ::teary:: ::sweat:: ::stress:: ::rolleyes:: ::love:: ::cool:: ::blush:: ::attention:: ::angry:: :) :( ._. *o* *O_O


11 Comentário(s)

(11 pelo blog e pelo facebook)
  • Nath
    Visitar blog
    04 . 01 . 2017

    Oi!

    Eu gosto muito do seu blog e acompanho faz um tempo. Nunca comentei, mas agora decidi finalmente me pronunciar hahaha Acho seu cantinho lindo e adorei os posts sobre sua viagem pra Inglaterra <3
    Gostei que você cumpriu muitas coisas da sua lista e espero que suas metas para 2017, que são o resto de 2016 hehe, se realizem.

    Beijos

    Responder