Madly Luv - O mLuv é um blog pessoal no qual aborda vários assuntos como design, músicas, literatura, arte, televisão etc. Desenvolvido e mantido por Ana Flávia Cador.

Não passa de míseros detalhes

Pessoalidades

Tem coisas que não podemos falar para qualquer um, ou simplesmente jogar os braços para o alto e gritar no meio da rua, ou até mesmo socar a cara daquela pessoa que te olhou torto. Tem coisas que temos que abaixar a cabeça e infelizmente aceitar. Tem coisas que não suportamos mas que não podemos fazer nada a respeito. Não tem como mudar o mundo a nossa volta… ou você se adapta, ou você é excluído. Mas como isso é um blog e posso escrever o que bem entendo e não vai ter ninguém que vai enfiar o dedo na minha cara literalmente, então mesmo com um pouco de medo eu posso dizer…

… Que odeio ouvir as pessoas dizerem o que tenho que fazer; que julgar uma pessoa sem ao menos conhecê-la ou por causa de uma única atitude equivocada dela é completamente ridículo, mesmo eu confessando que já julguei muitos; que detesto ver alguém querer ser amigo por interesse; que tenho um pé para atrás com quem me chama de amiga sem saber quem sou; que gosto mais de Biologia do que qualquer outra matéria; que odeio sentir inveja, mesmo sendo algumas vezes inevitável; que me sinto sozinha sem ao menos ter motivo para isso; que choro mais ao ver um cachorro ou qualquer outro animal sofrendo do que um ser humano; que me preocupo com o bem-estar dos outros; que fico triste ao ver alguém triste; que só tive três amizades verdadeiras em toda minha vida de colégio; que me apaixono pelo primeiro que me trate de uma maneira diferente, mesmo eu achando que todos os homens são iguais…

… Que prefiro mil vezes o Jacob Black que o Edward Cullen e que a Bella Swan é uma safada oportunista; que sonho em ir ao Egito; que sim, xingo mesmo a rede Globo de filha-da-puta manipuladora; que meu voto para todos os candidados deste país será nulo; que a vida é irônica e que sempre dá um jeito de ajudar quando tudo está dando errado ou simplesmente ao contrário, fazendo com que o mar de rosas se evapore; que existe coisas que acontecem por acaso e coisas que têm que acontecer, não importa como, mas acontece; que nunca entendi como que é essa coisa de RSS Feeds; que acredito em vida após a morte…

… Que acredito que a teoria Evolucionista e Criacionista andam de mãos dadas mesmo sendo ilógico para muitos, mas para mim tem tudo a ver!; que o mundo vai acabar por causa de um vírus letal criado pelo próprio ser humano, morrer de fome e sede, e sem vegetação no planeta; que casamento não precisa ser definitivamente um casamento se tiver um papel passado e uma cerimônia na igreja; que às vezes tenho medo do escuro; que odeio futebol e gosto de basquete, mesmo não assistindo nenhum jogo; que meus sonhos muitas vezes as pessoas não tem face…

… Que tenho vergonha de conversar com gente que não conheço; que acho o Obama uma piada, mesmo sendo pura ignorância minha!; que a Amazônia um dia vai se extinguir e isso não vai demorar muito; que essa coisa que "cada um fazendo sua parte" para salvar o mundo não dará muito certo porque sempre tem um que fala que o fulano fará isso por ele, e que esse vai pensar a mesma coisa em relação a ciclano e assim por diante, resultando em nada! Apenas falatório…

… Que morro de vontade de acampar mesmo sabendo que eu morreria de medo; que às vezes sou fresca e às vezes muito pelo contrário; que os homens não prestam; que detesto quando uma amiga não é sincera; que tenho medo de sair de casa e virar mendiga, mesmo sendo um super exagero meu; que homem é mais complicado que mulher, que é um bicho burro que nunca sabe o que quer; que prometi para eu mesma que nunca mais vou ficar com ninguém, só quando eu sentir que estou realmente amando e não achando que está gostando; que sou boba quando se trata de coisas do coração…

… Que sempre quero ver o lado bom das pessoas e muitas vezes decepciono; que guardo mágoa e fico calada, fingindo que está tudo bem porque sei que depois de meses aquilo vai passar; que quis e ainda quero ficar com o meu melhor amigo mesmo ele sendo um babaca que morre de raiva de mim e tenho certeza que negarei até a morte se algum dia alguém ou até mesmo ele me perguntar sobre isso; que odeio ver alguém criticar uma pessoa que nem conhece; que minhas cachorras dormem comigo; que só gosto de algumas músicas sertanejas; que odeio pagode e samba; que amo músicas da década de 90 e de bandas desconhecidas estilo pop/rock românticas; que queria ter uma irmã com 1 ou 2 anos de diferença de mim, não importa se seria mais nova ou mais velha…

… Que dou chilique ao ver uma minhoca ou uma barata; que acho lindo ver uma lagartixa rosadinha e pegá-la na mão; que já fui mordida por um gato, por isso gosto um pouco menos deles do que o resto dos animais e acho engraçado isso porque tenho uma cicatriz no rosto por causa de uma mordida de um Fila Brasileiro e mesmo assim AMO cachorro; que sou fofinha e me acho uma baleia; que "aliso" meu cabelo que na verdade é ondulado nas pontas; que às vezes eu me acho extremamente muito mimada e tenho raiva de mim por isso…

… Que o nosso governo é corrupto, mas isso todo mundo já deve saber; que quero pegar minhas "trochas" e fugir de casa de vez em quando; que aos 11 anos já pensei em fugir para uma casa na árvore e sobreviver só com dois pacotes de Trakinas; que acho que estou muito relaxada com os meus estudos; que não acho que os EUA é o país das maravilhas, muito pelo contrário; que não quero morar sozinha, só quando for casar; que não sei cozinhar; que o Robert Pattinson tem uma "beleza macabra", pois tem horas que ele está bonitinho demais e tem horas que ele parece um alien de tão feio; que odeio gente pidona e puxa-saco; que detesto emprestar meus livros, só em raras exceções…

… Que Clark Kent tem que ficar com a Chloe Sullivan e dar um pé na bunda da santa-puta da Lana Lang nas primeiras temporadas de Smallville, antes de conhecer a destemida Lois Lane; que funk é uma tortura e que é coisa de piriguete, mesmo sabendo que tem exceções; que preconceito sobre raça e peso é ridículo; que às vezes tenho preconceito com homossexuais, dependendo da maneira de agir deles; que homem gordinho é uma gracinha; que odeio garota piranha e de vida fácil; que já me imaginei num mundo à la Star Wars; que já escrevi uma história de terror; que as pessoas do meu colégio eram falsas; que eu queria viver na minha época dos 14/15 anos pelo resto da vida; que sei que minha mãe às vezes está errada mas ela nunca admite, por ser orgulhosa; que sou mais parecida com a minha mãe do que eu imagino, dizendo meu pai; que gosto de frio e odeio calor…

Bem… é isso que eu penso. Tem muito mais, mas tudo que eu disse e que deixei de dizer não passa de míseros detalhes e desabafos. Já já estarão trancados de novo e hei de viver meus dias como sempre vivi sem dizer todas estas coisas. Gostei de ver isso no blog da Thaís e da Ana e como eu já estava por aqui com algumas coisas (que estão espalhadas ali no meio) decidi colocar definitivamente tudo para fora.

Veja também...

Não nasci para ser "blogueira"
Realizações de 2016 e pedidos para 2017
Projeto Mete a Colher: Sororidade na palma da mão

22 Comentário(s)

(22 pelo blog e pelo facebook)
  • Lena
    Visitar blog
    29 . 04 . 2009

    Oh Aninha, que post hein! É bom desabafar, sempre é bom! Acho que já te disse isso, mas somos bem parecidas em certas coisinhas.
    Talvez isso tudo tenha surgido de expectativas não supridas, infelismente a gente tem sempre essa necessidade de achar que dessa vez o outro vai nos suprir… é sempre bom acreditar, mesmo que não dê certo.

    Beijocas.

    Responder

  • Madaaah
    Visitar blog
    28 . 04 . 2009

    Nossa aninhaa, que dasabafo hein… me identifiquei com várias coisas que você disse, mas acho que todas se identificariam… mesmo cada pessoa sendo totalmente diferente da outra, temos tantas semelhanças que as vezes assusta. (:
    Desabafar de vez em quando é sempre bom, perigoso, mas bom. :D

    Beeijos (L)

    Responder


1345