Resenha: Um Olhar de Amor

Leitura
Livro: Um Olhar de Amor
Autor(a): Bella Andre
Editora: Novo Conceito
Páginas: 256
Classificacao:
Sinopse: Chloe Peterson está tendo uma noite ruim. Uma noite realmente ruim. O machucado grande em sua bochecha pode provar isso. E quando seu carro patina para fora da estrada molhada em direção a uma vala, ela está convencida de que até o cara maravilhoso que a salvou do meio da tempestade deve ser muito bom para ser verdade. Ou ele é mesmo? Por ser um fotógrafo de sucesso que viaja frequentemente pelo mundo, Chase Sullivan tem seu jeito com mulheres bonitas, e quando ele está em casa, em São Francisco, um de seus sete irmãos normalmente está acordado para começar um pouco de diversão. E apesar de Chase não perceber que sua vida mudaria para sempre em um instante, para melhor, ele não é o único a querer lutar por essa mudança. Ao contrário, ele está se preparando para lutar pelo coração de Chloe.

Chole Peterson é a típica mulher que jura para si mesma que jamais confiará em homem algum. Depois de sofrer anos de repressão pelo seu ex-marido, ela já estava quase acreditando que estava superando o divórcio quando é surpreendida pelo ex em sua casa e é agredida por ele. Atordoada, Chloe foge de casa sem rumo e acaba sofrendo um acidente de carro no qual fica atolada em uma vala à beira da estrada, debaixo de uma tempestade torrencial. E neste momento aparece Chase, o reflexo ideal de um homem bem sucedido, rico e que acreditava que relacionamentos sérios era algo fora de sua realidade, além de sua beleza fora do comum. E se fazendo de cavalheiro, oferece ajuda para a mulher na beira da estrada, que está toda molhada e com o rosto machucado. E mal sabiam eles que estavam embarcando em uma aventura na qual descobririam que o amor e prazem podem andar lado a lado.

Apesar da insegurança que Chole ainda tenta superar, ela não consegue suportar o desejo incontrolável que sente pelo homem que a salvou, se entregando de corpo e alma pouco tempo depois. E Chase, que teve várias mulheres em sua vida, sente que Chole é a mais especial e a mais deslumbrante de todas — e a única que é capaz de fazer dele gato e sapato e ele adorar isso.

Ainda não consegui definir se eu realmente gostei ou não do livro — quem sabe eu leia ele novamente quando estiver de humor diferente e sem TPM, haha — pois até uma certa parte do livro eu estava adorando o joguinho de sedução entre eles, mas meu encanto esfriou no momento que o sexo virou o protagonista da estória. A estória é bonita, doce e envolvente, mas é afogada pelas cenas tremendamente picantes entre o casal. E quando eu digo "cenas picantes", são picantes mesmo, narradas em todos os detalhes. O que Bella Andre quis mostrar é que o sexo entre duas pessoas que se amam é um ato de puro amor, independente se é depravado ou recatado, pois fica lindo de qualquer jeito. Não tiro a razão de Andre, mas eu acredito que o amor não é baseado só em sexo.

Ao contrário de muitas resenhas que vi falando muito bem do livro, eu pouco me surpreendi. Achei um tanto quanto mentiroso. Não há como se entregar de corpo e alma a uma pessoa conhecendo ela em poucos dias, dizer que AMA, sem nem ao menos conhece-la — a não ser que alguém acha isso normal, porque eu não acho (e se for para eu listar todos os meu motivos por não concordar este post ficaria enorme). O que vi entre eles foi simnplesmente aquele encanto, aquela atração física e um desejo intenso, que muitas vezes são itens confundidos com amor.

Eu não gostei das demasiadas cenas de sexo narradas em pequenos detalhes e as outras eventuais situações narradas de forma rápida — isso foi o que mais me incomodou. Eu lia rápido a parte do sexo para ver como Chole evoluía sua auto-estima, sua segurança e confiança em Chase e em si mesma em outras situações, e não como ela resolvia sua vida realizando as fantasias sexuais dela com Chase. A autora poderia ter narrado melhor outras situações e ter trabalhado melhor na personalidade das personagens para sustentar o relacionamento do casal protagonista, que achei ridicularmente superficial.

Mas como não dá para agradar a todos, apesar dos pesares, eu gostei muito do começo e o final da narrativa — foi fofo e também há uma ceninha de ação ótima! O romance entre Chole e Chase é como se fosse um conto de fadas, mas a autora poderia ter privado o leitor de alguns detalhes que não precisavam de descrições, pois o leitor tem total imaginação para saber o que está acontecendo — até porque não é um livro recomendado para menores de 18 anos.

É notável que as cenas apimentadas faz parte da identidade narrativa de Bella Andre em todos os seus livros, pelo o que pude pesquisar. Se ela fez sucesso é porque ela mereceu e há público para isso. Por isso, àqueles que querem suspirar, perder o ar e imaginar um mundo fantástico, Um Olhar de Amor é perfeito, cheio de sedução e super excitante. E para aqueles que são um pouquinho mais pé no chão (ou até mesmo com uma visão mais conservadora) que nem eu, não passa de um romance de banca de jornal.

Veja também...

Resenha: Eragon, Ciclo da Herança
Resenha: Maze Runner, Prova de Fogo
Resenha: Maze Runner, Correr ou Morrer

6 Comentário(s)

(6 pelo blog e pelo facebook)
  • Vanessa Meiser
    Visitar blog
    14 . 03 . 2013

    Então, eu não li 50 Tons de Cinza e com a Bella Andre descobri que não sou fã de literatura erótica, hehehehe. Apesar de que o livro tem uma premissa legal, não gostei das partes apelativas…

    Beijokss

    Responder

  • May
    Visitar blog
    23 . 02 . 2013

    Oi Aninha!

    Confesso que quando soube que esse livro chegaria, eu pesquisei bem e vi que ele seria o "arqui-inimigo" de Cinquenta tons, então, quando o li, já esperava as cenas de sexo forte. Apesar de tudo isso, e de ter me incomodado um pouco com algumas cenas, gostei do romance que há por trás dessa estória, já li o segundo livro, e vou ler o terceiro em breve, haha!

    Beijinhos,
    May :*

    Responder

  • Isadora
    Visitar blog
    17 . 02 . 2013

    Oi, Aninha! Tudo bem? Ainda não li o livro, mas me pareceu interessante, eu, em particular gosto de cenas mais hots e tal haha
    Beijos!

    Responder

  • Michelly Melo
    Visitar blog
    16 . 02 . 2013

    Oii, Ana! :DD
    Ainda não li, mas eu concordo com você. Talvez a autora devesse ter focado em outras coisas e não só na relação sexual entre eles. Não gosto muito de livros assim, não me chamam muito a atenção. Mas é como você disse, se a autora faz tanto sucesso é porque tem a quem agrade. Não conheço os outros livros dela, mas acredito que ela tenha uma narrativa marcante (talvez pela quantidade de detalhes que você disse).

    Beijos e bom final de semana!

    Responder

  • Lari
    Visitar blog
    14 . 02 . 2013

    Parece que autora passou do erótico envolvente, que faz o leitor subentender o que há, para o pornográfico. Não tenho uma visão conversadora, mas se eu quero ler um livro bom, com certeza passará longe dos livros pornográficos, que são bem diferentes do erótico.
    Mas de uma forma em geral,tirando essas cena sbem picantes, olivro parece ser interessante =) Fiquei curiosa pra saber a história, Aninha.
    Beijos <3

    Responder