Primeiro dia de faculdade (Design Gráfico)

Pessoalidades

Muitas pessoas vieram me pedir para contar como que é o curso de Design Gráfico e como foram meus primeiros dias. Então prepare-se que o texto é longo, hehe! ;D Mas as matérias variam de faculdade para faculdade e de cidade para cidade. Descobri isso porque conversei com a Tatah (ela também é bixete desse curso, hehe) e ela tem matérias diferentes das minhas. Mas espero que o que irei relatar agora sirva como base ^^

Só faltava eu chorar de tanta felicidade quando desci do ônibus e dei de cara com o campus. Para uns é mais um semestre, mas para a calourada é motivo de festa — mas esta última parte eu fujo porque aqui o povo faz farra demais, bebe demais e só falta cair em coma alcoolico #exagero. Cheguei uma hora mais cedo para ficar vagando pelo prédio da FAV (nome da minha faculdade que está no campus da UFG). Fiquei meio completamente perdida, então fui na secretaria — sem querer querendo me manifestar como caloura com medo de trote — e acabou que todo mundo foi para um auditório.

O curso foi apresentado pelos professores e pelos veteranos do Cadeg, mas não disseram nada do que eu já não sabia. Como sou futriqueira, busquei saber tudo sobre o curso e a grade curricular antes de prestar o vestibular. Então, o 1º dia foi cansativo. Teve quase uma hora e meia de palestra e depois teve uma festinha e um trotezinho básico mas eu não fui porque eu já estava de saco cheio só de pensar em ter o trabalho de tirar tinta das pernas até a orelha outra vez.

O segundo dia de aula foi bom demais! A primeira aula foi uma introdução à História da Arte da Antiguidade e Idade Média. Na verdade não foi uma aula realmente, o professor estava mais interessado em saber como é a vida e problemas pessoais dos alunos e contar suas viagens na Europa que explicar como é sua aula, mas até que foi bem interessante. Pelo menos ele explicou o porque de uma aula "chata" como história da arte — eu não acho! — é importante para o Design Gráfico. A história serve como uma referência e uma ideia mais ampla para aplicar o conhecimento em uma ilustração de algum livro, por exemplo. Já a segunda aula foi melhor. Tive Desenho Técnico com uma professora muito fofa. Ela é Designer de Interiores mas também dá aula para o Gráfico. O que aprenderemos envolve os conhecimentos de geometria, ângulos, circunferências e retas. Tive quatro folhas de tipografia para praticar retas e curvas — me senti na pré escola novamente ao aprender a escrever as letrinhas, haha ¬¬

No terceiro dia tivemos a aula de Introdução à Linguagem Tridimensional. Será nesta aula que aprenderemos a desconstruir um objeto e montar um totalmente diferente, como pegar 3 vasos e montar uma cadeira (acredite, tem como!). Aprenderemos a esculpir na argila, tirar várias fotos e depois passar para o computador para ter uma imagem em 3D (como nos filmes Pixar e Dreamworks, creio eu). É uma aula totalmente prática e quem tem nojinho de pegar no barro pode sair da faculdade! Já to vendo que unhas grandes e esmaltezinho… bye bye, amore. Como ninguém tinha material, fomos liberados duas horas mais cedo. Então, como não tinha ninguém na minha casa, fiquei lá na lanchonete da FAV com o restante do pessoal para aproveitar e conhecer o pessoal.

Já no quarto dia, na quinta feira, a turma teve aula de Poéticas Visuais da Arte Contemporânea. Pelo nome parece ser chata mas acredito que não seja. Nessa disciplina aprederei a interpretar uma obra de arte. Sabe quando às vezes vemos uma obra com imagens retorcidas — como O Grito, de Van Gogh — e dizemos "Nossa, que coisa feia!" ou "É, esse cara não sabe pintar bosta nenhuma!"? Então, aprenderei a entender a obra; como diz o professor: "aprenderemos a se comunicar com o espírito". Acredito que seja uma matéria legal… afinal, eu quero muito deixar de ser ignorante #fato e realmente saber o que anda acontecendo por trás de uma obra. Na segunda aula, vimos Arte e Cultura Popular do Brasil. Também acredito que deve ser boa. O nome mesmo já explica o que estudaremos.

De sexta feira eu não tenho aula. Ótimo! *-* Segunda feira eu somente tenho aula de Desenho de Observação e Expressão. Como na matéria anterior, o próprio nome já diz! O professor (que é o mesmo de Poéticas Visuais) explicou para nós que desenharemos neste semestre natureza morta, começando com uma fruteira cheia de frutas para começar a praticar já que não é tão difícil.

Bem, por enquanto é isso que verei neste primeiro semestre e pelo que eu vi na grade curricular dos próximos semestres, vai melhorando cada vez mais!

Na verdade isso tudo é apenas a metade do que eu escrevi, hehe. Daqui a alguns dias publicarei outro post dizendo sobre minhas primeiras conclusões sobre este curso maravilhoso *-*

Veja também...

Realizações de 2016 e pedidos para 2017
Projeto Mete a Colher: Sororidade na palma da mão
Realizando um sonho: Inglaterra!

13 Comentário(s)

(13 pelo blog e pelo facebook)