Madly Luv - O mLuv é um blog pessoal no qual aborda vários assuntos como design, músicas, literatura, arte, televisão etc. Desenvolvido e mantido por Ana Flávia Cador.

Além da Henna: Como ter reflexos dourados com Cassia Obovata

Madeixas

Com o passar do tempo que fui conhecendo e adquirindo experiências práticas sobre a henna e seus benefícios, pude conhecer um universo maravilhoso de várias outras plantas que eu poderia utilizar. Como eu adoro testar coisas novas e estou numa onda de cabelo mais natureba, me vi numa infinidade de possibilidades de como agregar mais benefícios ao meu cabelo associando estas outras plantas à minha receita de henna — seja por questão de mudança de tonalidade, textura ou tratamento — e também sobre o uso delas de forma independente pra substituir as máscaras convencionais. Com isso, me veio a ideia maravilhosa de fazer posts específicos sobre cada uma das plantinhas que uso para mostrar a você um mundo além da henna. Vamos começar pela minha plantinha mais amada: a Cassia Obovata.

Cassia quem?

Parece esse é nome de uma pessoa, mas é o nome dessa plantinha leguminosa de lindas flores amarelas, nativa do continente Africano e Oriente Médio. Seu nome científico é Senna italica. Há registro de seu uso desde o século IX e X para fins medicinais. Através do uso das folhas frescas e raízes se faz curativo para feridas, queimaduras e úlceras; enquanto das flores se faz o chá com propriedades purgativas para curar problemas no sistema digestório, dentre elas como má digestão, náuseas e vômitos, além de cólicas menstruais (fonte). Atualmente há estudos sobre o uso dela em combate ao câncer (fonte).

Cassia Obovata - madlyluv.com

Pó de cassia obovata (Senna italica) e ela embalada para comercialização.

O que a cassia faz?

Para os cabelos a cassia é conhecida como Henna Neutra. A planta em pó tem cor e textura muito parecidas com a henna comum (foto acima), além também de ter ações semelhantes no couro cabeludo, como purificação dos folículos capilares devido à ação "detox": anti-inflamatória, anti-bacteriana e anti-fúngica. Além disso, a cassia cria uma capa de proteção dos fios por cima da cutícula, protegendo contra os raios solares e mantendo por dias e dias os nutrientes do fio, evitando a perda de hidratação natural, queratina e carga de lipídios, funcionando como uma espécie de condicionador, um selador de cutículas — mas não se engane que por ser considerado como "condicionador" que a cassia irá "desmaiar" seu cabelo como um creme ou máscara! Assim como a henna, a cassia também acaba tendo aquele mesmo efeito durinho devido às suas propriedades "detox", mas é bem menos que a henna normal (ouvi um amém?).

Apesar do apelido de henna neutra, ela não tem nada a ver com henna, ok? Não é nem prima, nem irmã, muito menos da mesma família de planta. Isso é apenas um termo popular (fonte). A cassia não tem pigmento alaranjado como a henna pura, mas sim pigmento amarelado devido a alta concentração de ácido crisofânico (chrysophanic acid), que traz uma leve coloração dourada ao fios.

Uso independente e associada à henna pura

O pigmento da cassia não pega em cabelos de tons claro a escuro, apenas em tons claríssimos. O dourado da cassia não pega em cabelos ruivos hennados, pois o pigmento da henna sempre se sobressai. Já para pessoas que são grisalhas e têm muitos fios brancos, ao usar a cassia a longo prazo o cabelo tende a ficar com aspecto luzes devido ao acúmulo de pigmento dourado na superfície, então é uma boa escolha pra quem não quer usar tinta, aprecia tons loiros e não gosta do grisalho.

Por outro lado, se usar juntamente com uma receita de henna, o pigmento dourado da cassia consegue aparecer de forma sutil nos tons de ruivo! De acordo com Forestier JP, estudioso de medicina botânica, a henna aparentemente intensifica a penetração das propriedades da cassia. Arrisco dizer que isso acontece porque a henna penetra profundamente ao fio, se associando à queratina do cabelo (presente em 85% de nossos fios — fonte), levando a molécula de cassia junto consigo nessa penetração mais intensa do que se fosse ela sozinha. Por isso, a cassia consegue aparecer em reflexos dourados nos cabelos ruivos hennados pois, além de ficar mais potente, ela também ajuda a diluir a receita de henna! Veja abaixo o diagrama simulando a ação da cassia no fio de cabelo quando associada à henna, e usada sozinha em cabelos das demais tonalidades e tons claríssimos:

Como funciona cassia obovata no cabelo - madlyluv.com

Os pontinhos laranjas são as moléculas de pigmento da henna, enquanto os amarelos são da cassia.

Observação: eu não sei como a cassia obovata reage em cabelos artificialmente tingidos. Levando em consideração a ação "detox" da cassia, pode fazer com que desbote um pouco da tinta, em especial aos ruivos, pois cobre tende a desbotar mais que outras colorações. Por via das dúvidas, faça o teste de mecha.

Como usar a cassia?

Não tem segredo algum. Para ser usada sozinha, é só ir colocando água morna filtrada (nunca fervente) na cassia em um potinho de plástico, madeira ou vidro (nunca metal) até chegar numa textura de mingau, feche e deixe descansar. Cerca de 50g de cassia dá para um cabelo até altura dos ombros, pois ela fica com textura gelatinosa quando hidratada, então acaba não rendendo tanto. O tempo de descanso da cassia hidratando na água varia de acordo com o resultado que você deseja. Veja abaixo:

  1. Para tratamento capilar: o tempo de descanso não pode passar de 1h (sendo o legal mesmo até 30min) e deixe agir de 30min a 1h no cabelo. É ideal para dar apenas aquele up aos fios, deixando-os fortes e encorpados. Com o efeito de "capa" que a cassia dá, mantém-se ali no fio tudo que há de bom no meu cabelo por mais tempo. Eu só não recomendo o uso dela dentro da fase de reposição de massa ("reconstrução") do cronograma capilar, pois não dá para fugir do efeito rígido dela, como já comentei. Mas este efeito durinho da cassia já some na lavagem seguinte. Entretanto, dá para se diminuir a rigidez adicionando na receita óleos vegetais, mel, iogurte, leite de coco, água de coco e outros aditivos naturais hidratantes e/ou emolientes. Não recomendo a mistura com cremes, pois toda vez que usei algum creme associado à cassia, a receita ficou MUITO ESTRANHA, uma textura bizarra que parecia um bolo, mas que se parasse de mexer ficava aguado, como se entrasse em em processo de decantação — oi??? ::sweat::
  2. Para reflexos dourados: o tempo de descanso precisa ser mais de 1h e precisa agir no mínimo 3h no cabelo pra pigmentar. Esse tempo de descanso é ideal para as receitas de henna, onde a cassia descansa junto com henna no mesmo recipiente misturadinhas, e ambos os pigmentos são liberados juntos. Este tempo também é ideal para a cassia sozinha dar reflexos dourados a pessoas com cabelos extremamente claros ou grisalhos, sendo que para se manter o resultado dourado é preciso aplicar de tempos em tempos. A pigmentação dourada da cassia é semi-permanente, mas quando associada à receita de henna, o pigmento da cassia consegue durar meses — entretanto, o tratamento e efeito no cabelo dura do mesmo jeito do que se usada sozinha.

Após descansada e aplicada no cabelo no tempo que você quer, é só enxaguar bastante e lavar com um condicionador livre de parafina e silicones (os condicionadores Yamasterol da Yamá são ótimos para isso). É preciso bastante paciência para retirar a cassia pois, assim como a henna, você sempre uma textura meio areosa no cabelo quando entra no chuveiro. É meio que impossível conseguir sair tudo sem o auxílio do efeito emoliente que condicionador dá. Ah!, e evite usar shampoo durante as primeiras 24h de aplicação, para permitir que as propriedades da cassia agem no couro cabeludo.

Aproveite e leia também:

Henna neutra X Henna incolor

Cassia obovata, a "henna neutra", não é a mesma coisa que a henna incolor da marca Surya Brasil! A da Surya tem henna pura em baixa concentração, amla e shakakai. O científico da shikakai é Acacia concinna, por isso a confusão com a cassia obovata (que tem nome científico Senna italica). Portanto, são plantas diferentes!

Tem como dar algo de errado na minha receita?

Sim. Assim como henna, a cassia é bastante frágil. Enquanto a fragilidade da henna está ligada à temperatura (que estraga se você usar água muito quente ou deixar muito tempo fora da geladeira depois da receita estar pronta), a fragilidade da cassia está ligada à carga de minerais do cabelo e da água utilizada na receita. Se onde você mora a água utilizada tiver bastante sais minerais, a sua cassia pode trazer coloração esverdeada no cabelo. Isso acontece devido à reação química do ácido crisofânico com estes sais. Sabe quando uma pessoa que tem luzes entra na piscina e sai de lá com cabelo verde? É praticamente isso. Como sempre digo e repito: faça teste de mecha! É muito importante o nível de minerais da água, pois isso também afeta diretamente a saúde do seu cabelo, deixando opaco e sem vida. Portanto, se você perceber que seu resultado com cassia está meio estranho e diferente da tonalidade dourada ou do que a henna proporciona, você tem as seguintes opções a seguir:

  1. Utilize cosméticos específicos para retirar o acúmulo de sais minerais nos fios, os chamados "quelantes", que são produtos que atraem os íons do cloro, cobre, magnésio e sal que ficaram acumulados no cabelo (fonte 1, fonte 2). Muitos produtos que dizem ser detox capilar assumem também essa tarefa de "quelar", como por exemplo a linha Detox da Bioextratus.
  2. Veja se é possível acrescentar um filtro no seu chuveiro. Isso ameniza bastante o impacto das toxinas da água no cabelo. Recomendo fortemente para quem mora nos países europeus. Quando fui pra Londres meu cabelo parecia uma palha seca devido à agua de lá (mas não mudou de cor e eu ainda não usava cassia naquela época).
  3. Faça sua receita de cassia sozinha ou em associação com henna sempre com água filtrada, sem excessão alguma! Se há o perigo da cor ficar estranha no seu cabelo, imagina essa água em contato com o extrato puro da cassia?

Minha experiência com Cassia

A minha experiência com cassia tem sido bastante satisfatória. Comecei a usar ela cerca de nove meses depois de criar o post do meu antes e depois de usar henna. Minha receita antiga era: 100g de henna + 425ml de água filtrada em temperatura ambiente + 75ml de vinagre de maçã. Para usar a cassia, eu fiz alguns testes em tufinhos de cabelo pegos da escova e o que cai no banho, pois e eu queria chegar nos seguintes resultados:

  1. Manter a mesma tonalidade da receita antiga;
  2. Adquirir mais consistência, pois antes a receita era bastante aquosa;
  3. Usar apenas água morna para sair de uma vez por todas do risco do perigo do excesso de acidez do vinagre, pois percebi que meu cabelo não reage bem ao uso prolongado do vinagre.
Cassia Obovata em pó - madlyluv.com

Cassia em pó. Como não amar? — Obs: As florzinhas amarelinhas não são as flores da cassia, ok? Elas são apenas decorativas.

Minha lógica pra chegar na minha receita ideal com cassia foi o seguinte: em vez de diluir a pigmentação da henna em apenas líquido, eu retirei toda proporção do vinagre e mais um pouco de água filtrada, acrescentando o pó da cassia do lugar. Com a textura gelatinosa da cassia quando hidratada, a consistência da minha receita de henna ficou bastante cremosa, e ficou uma maravilha para aplicar! Minha receita não escorre mais (chega de ficar manchando toalhas, yay!) e não alterou praticamente nada no meu ruivo.

Receita atual (desde dezembro de 2016):

  • 100g de henna composta da Casa da Índia (a da caixinha verde)
  • 400ml de água morna
  • 3 colheres de sopa rasa de Cassia Obovata
  • 3h30 de descanso no cabelo

A única coisa que alterou na tonalidade foi o meu ruivo no sol, que passou a ficar com reflexo mais dourado, porém bastante sutil. Veja abaixo fotos* sem filtro e sem dignidade (risos) de como ficou meu cabelo com a receita de henna com cassia recém aplicada e usada ao longo dos meses em luzes diferentes. * Clique nas fotos para ver as descrições!

Cassia recém aplicada na raiz, ainda não oxidada. Dezembro de 2016.
Abril de 2017.
Julho de 2017.
Agosto 2017.
Aproveite e leia também:

Eu também gosto muito de usar a cassia sozinha quando estou disposta a dedicar algumas horas no meu cabelo. Ela altera em absolutamente nada do meu tom ruivo quando uso ela sozinha. Eu gosto bastante de usa-la quando quero dar mais volume pro meu cabelo, pois ela valoriza as minhas ondinhas. ::love::

Onde comprar cassia?

Aqui é onde o bicho pega um pouco. É extremamente difícil achar cassia nas lojas físicas de produtos naturais aqui no Brasil (para não falar impossível). Ela é bastante comum lá fora, então você acha fácil no eBay e na Amazon, mas aqui no Brasil ainda está engatinhando muito o conhecimento popular desta plantinha. E fica muito caro se você importar por estes sites de fora, pois no Mercado Livre você encontra alguns revendedores brasileiros e o valor da cassia é bastante acessível! ::blush:: Ela geralmente é mais barata que a henna e vem em pacotinhos de 50 ou 100g. Segue abaixo as revendedoras de minha confiança:

  • Henna Eu (minha favorita), de Brasília. Ela também revende henna pura e composta da marca Casa da Índia. Ela sempre tem umas promoções de frete de R$9,90 para o Brasil todo.
  • Iara Henna, de São Paulo.
Cassia Obovata - madlyluv.com

Embalagem de cassia de 50g. Praticamente todos os revendedores que você encontrará aqui no Brasil vendem cassia da marca indiana Yogi Globals. Esta marca é maravilhosa e tem produtos de altíssima qualidade, inclusive a henna pura! Espero um dia usar esta henna assim que o meu estoque da Casa da Índia acabar. ;D


É isso! Espero que tenha gostado desta dica de plantinha para dar aquele up no seu cabelo ou então associar com a henna. Qualquer dúvida é só comentar neste post! Será um prazer responder. ::love::

"Além da Henna" é uma tag do mLuv destinada ao uso consciente de extratos botânicos e outros aditivos naturais em seu formato nativo, óleo vegetal ou em pó para fins cosméticos e uso externo que podem ser usados de forma independente ou associados à henna (Lawsonia inermis). As informações sobre uso fitoterápico e medicinal são apenas de caráter de curiosidade (você pode saber mais a fundo nos links de sites e artigos científicos espalhados no post usados como referência). Vale lembrar que qualquer ingrediente, mesmo sendo natural, é passível de alergias ou adquirir intolerâncias. Portanto: prova de toque e teste de mecha sempre!


Este post não foi patrocinado por nenhuma marca citada acima.
O conteúdo foi escrito por livre e espontânea vontade, com muito amor para você.

Veja também...

Ruivices: Tonalizando com Keraton Henna Cobre, da Kert
8 óleos vegetais milagrosos para o seu cabelo
Antes e depois de usar henna, receita e cuidados

18 Comentário(s)

(18 pelo blog e pelo facebook)
  • Débora Vicente
    Visitar blog
    30 . 08 . 2017

    A primeira vez que li tudo, deu tela azul na minha cabeça! haha
    Ai parei, li de novo, com calma, entendi e amei!
    Por ser uma coisa nova, você explicou "tintim por tintim", deixou onde encontrar e valores. Gostei sobre o alerta em relação a cabelos tingidos e a dica do teste de mecha.
    Seu post ficou completíssimo e as fotos maravilhosas, parabéns e beijos ??????

    Responder

    • Aninha
      Visitar blog
      04 . 09 . 2017

      Oi Débora! Hahaha, imagino a tela azul. Mas não se preocupe que isso é super normal. Eu mesma demorei bastante para entender como tudo funciona. Obrigada pelo elogio quanto ao conteúdo do post! ♥ é super importante para mim este reconhecimento.

      Beijocas e obrigada pela visita! Volte sempre ^^

      Responder

  • Isabelle Felicio
    Visitar blog
    30 . 08 . 2017

    Eu to abismada com esse post por completo, com a qualidade dele, com o tanto de informação e pesquisa, super completo. Amei muito mesmo. Nem uso nada assim (não por falta de vontade), mas gosto muito de ler sobre pro caso de um dia dar a louca e querer descolorir (acontece com a frequencia de um ano pelo menos haha). Ah, e eu aqui pensando que a florzinha linda era a Cassia… kkk

    Responder

    • Aninha
      Visitar blog
      04 . 09 . 2017

      Oi, Isabelle! Muito obrigada pelo elogio. É realmente muito importante para mim o reconhecimento do trabalho que dá em fazer um post super completo como esse. Obrigada mesmo ♥ Tenho certeza que o dia que você resolver usar alguma plantinha dessas para colorir o cabelo, não irá se arrepender. É uma bênção da natureza, hehe.

      Beijocas e obrigada pela visita!

      Responder

  • Gabiss
    Visitar blog
    29 . 08 . 2017

    Menina seu cabelo é meu sonho de consumo , mas infelizmente não to conseguindo ? não conhecia esse produto ainda parece ser muito bom, fiquei bem curiosa em testar ! Adorei a dica

    Responder

    • Aninha
      Visitar blog
      29 . 08 . 2017

      Oi Gabiss, obrigada! ♥ Foi preciso muito trabalho para conseguir esta cor, hehe. Não desista! E testa a Cassia sim, ela é ótima para também ajudar a definir os cachos :D

      Responder

  • Mel
    Visitar blog
    28 . 08 . 2017

    Sou muito curiosa e já acabei um dia lendo artigos sobre os tipois de melanina presentes nos cabelo e no final acabei em sites que falavam sobre a Cassia. Acho tão interessante! Eu fico imaginando o dia em que estarei com cabelos brancos e usarei henna ou cassia pela primeira vez. haha

    Sempre me encanto com a forma que você traz tanta informação para os seus posts. É sempre um prazer lê-los, dá para ver o trabalho e carinho presente neles :)

    Responder

    • Aninha
      Visitar blog
      29 . 08 . 2017

      Oi, Mel! É tão bom fazer estes tipos de pesquisas, né? Se eu fosse você já usaria Cassia atualmente. Imagina só que lindo ficaria seus cabelos lourinhos com este tom mais dourado? Ficaria um encanto!

      Beijocas ;*

      Responder

  • Stéfhanie
    Visitar blog
    25 . 08 . 2017

    Que coincidência! Comprei a “henna” cassia essa semana e to doida pra testar. Fiquei ainda mais empolgada lendo seu post – como sempre, tão completinhos.

    Gostaria de dizer também que seu cabelo está cada dia mais bonito ♥

    Responder

    • Aninha
      Visitar blog
      25 . 08 . 2017

      Oi, Stéfhanie! Aaah, sua linda, obrigada. ♥ E use e abuse da cassia. Ela é um presente da natureza. *-*

      Responder